Siga o OTD

Esgrima

Brasileiros caem a apenas uma vitória do pódio no Sul-Americano

Tabea Alves, na espada feminina, Fernando Scavasin e Heitor Shimbo, no florete masculino, acabaram se despedindo nas quartas no Sul-Americano de esgrima

Sul-Americano de esgrima
Tabea Alves (esq.) ficou próxima de ganhar medalha em Lima. Foto de Arquivo: Rosele Sanchotene.

O Brasil estreou nesta terça-feira (14) no Campeonato Sul-Americano de esgrima, que está acontecendo em Lima, no Peru. E foi por muito pouco que o país não teve um debute com medalhas. Tabea Alves, na espada feminina, Fernando Scavasin e Heitor Shimbo, no florete masculino, alcançaram as quartas de final, mas acabaram sendo superados a uma fase de assegurarem um lugar no pódio da competição.

-Brasil abre o Pan/Sul-Americano com seis medalhas, na Argentina

Na espada feminina, o país foi representado por três esgrimistas. Dentre elas, o melhor resultado brasileiro na arma foi de Tabea Alves. Ela ficou a uma vitória de ir ao pódio no torneio e, com isso, acabou ficando na quinta colocação. Nas quartas de final, ela acabou batida pela paraguaia Montserrat Viveros, do Paraguai, atleta que acabaria com a prata. A derrota foi de 15 a 9.

Pela mesma arma, Fernanda Camargo e Marcela Silva saíram da pule, avançaram do quadro de 32, mas ficaram nas oitavas de final. A primeira perdeu para a peruana Karol Larico por 15 a 9, enquanto a segunda foi superada por outra atleta da casa, Cynthia Roldan, por 10 a 8.

Desemepnho no masculino

No florete masculino, o país acompanhou quatro atletas indo às pistas de Lima. A exemplo de Tabea, dois deles – Fernando Scavasin e Heitor Shimbo – chegaram às quartas de final e ficaram a um triunfo de garantirem lugares no pódio. O primeiro foi batido pelo argentino Augusto Servello por 15 a 4, enquanto o segundo não conseguiu vencer o chileno Felipe Alvear: 15 a 7 para o adversário.

Pierre Souza parou nas oitavas de final e o seu algoz foi justamente outro brasileiro. Na disputa, ele foi derrotado por Shimbo, que venceu o jogo por 15 a 4. No quadro de 32, Giovanni de Nigris fez um embate com o argentino Guido Menendez e foi superado por 15 a 5.

+ SIGA O OTD NO TWITTERINSTAGRAMFACEBOOK E TIKTOK

“É uma prova forte demais. A prova de florete na América do Sul tem países muito fortes e nós conseguimos colocar dois entre os oito melhores. Acabamos tendo um combate brasileiro (nas oitavas de final), algo que não queríamos que acontecesse tão cedo. Por pouco, não conseguimos colocar atletas no pódio. A participação foi boa, apesar de não ter sido o resultado que a gente esperava”, avaliou o chefe de equipe, Mestre Regis Trois.

O Brasil volta a ser representado no Sul-Americano nesta quarta-feira (15) na espada masculina. Na arma, Amaury Petterle, Fabrizio Lazzarotto, Leopoldo Gubert e Alexandre Camargo – atual campeão da competição – vão entrar em ação na capital peruana.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Esgrima