Siga o OTD

Carolina Brecheret, Lorenzo Mion e Matheus Becker são ouro no Sul-Americano

Esgrima

Carolina Brecheret, Lorenzo Mion e Matheus Becker são ouro no Sul-Americano

Carolina Brecheret, Lorenzo Mion e Matheus Becker brilham na Colômbia e colecionam medalhas de ouro no 2º dia do Sul-Americano Pré-Cadete, Cadete e Juvenil

Carolina Brecheret é levantada pelos colegas da delegação brasileira após o título. Foto: Bruna Chierighini.

Carolina Brecheret, Lorenzo Mion e Matheus Becker são ouro no Sul-Americano

Uma noite dourada para a esgrima brasileira. Nesta quarta-feira (13), segundo dia de disputas do Campeonato Sul-Americano Pré-Cadete, Cadete e Juvenil de Esgrima, em Ibagué, na Colômbia, o Brasil faturou metade das medalhas de ouro. Foram três ao todo: Carolina Brecheret e Lorenzo Mion, ambos no florete, e Matheus Becker, no sabre.

O país também conquistou mais quatro medalhas de bronze no segundo dia de disputas: Gabriella Vianna (florete feminino), Isabela Cunha (sabre feminino), Laura Correia (espada feminino) e Nick Wu (espada masculino) subiram ao pódio. Com isso, a esgrima brasileira já soma 15 medalhas na Colômbia: quatro ouros, três pratas e oito bronzes, em segundo lugar no quadro geral, atrás dos donos da casa.

-Brasil fatura oito medalhas no primeiro dia do Sul-Americano

Como foi o dia

Carolina Brecheret, atleta do Paulistano, foi a primeira a conquistar o título nesta quarta-feira. Ela não fez a melhor campanha na fase de pules, saindo apenas em quarto lugar. Mas foi irretocável nas eliminatórias, com direito a uma vitória na semifinal sobre a brasileira Gabriella Vianna, até então a melhor na competição. Na decisão, contra a chilena Rafaela Santibañez, Carolina foi absoluta na pista: 15 a 2. Depois, foi jogada para o alto na comemoração dos brasileiros.

O segundo a conquistar o ouro – e a ser levantado pelos colegas brasileiros – foi Lorenzo Mion (E.C. Pinheiros), uma das principais revelações do florete masculino do país. Ele fez uma campanha irretocável na primeira fase, vencendo todos os duelos e saindo com a melhor campanha. Além dele, o Brasil teve Rafael Tomino como o segundo melhor nas pules e André Mura em quarto. Tomino parou nas quartas de final e Mura no quadro de 16.

Já Mion seguiu sua trajetória de vitórias nas eliminatórias até a decisão, quando bateu o colombiano Alejandro Bolaños Camacho, por 15 a 5, garantindo presença no lugar mais nobre do pódio.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

O terceiro a comemorar o título sul-americano foi Matheus Becker, também do Pinheiros. E fez uma campanha igualmente avassaladora. Na pule, sofreu apenas quatro toques em quatro duelos disputados. Nas eliminatórias, manteve o ritmo até a final, contra o atleta da casa Manuel Cruz Garrote, por 15 a 6.

O Campeonato Sul-Americano Pré-Cadete, Cadete e Juvenil segue nesta quinta-feira, em Ibagué, com as disputas da categoria juvenil. Da mesma forma como ocorreu nos dois primeiros dias, o florete joga às 11h (de Brasília), a espada às 14h e o sabre às 17h. As finais de todas as armas serão realizadas a partir de 19h.

Mais em Esgrima