Siga o OTD

Política, Guerras e Boicotes

Apartheid afastou África do Sul das Olimpíadas por 32 anos

Por causa do regime de segregação racial que imperava no país, África do Sul ficou 32 anos afastada dos Jogos Olímpicos

apartheid jogos olímpicos áfrica do sul
Placa na Cidade do Cabo indicava uma região que só podia ser frequentada por brancos

1960 foi um ano marcante para os países africanos. Na política, Camarões, Togo, Madagascar, Benin, Burkina Faso, Costa do Marfim, Chade, Congo, Gabão, Mali, Mauritânia e Nigéria declararam indepedência. Já no esporte, o etíope Adebe Bikila, correndo com os pés descalços na maratona dos Jogos Olímpicos de Roma, ganhou a histórica medalha de ouro na maratona. O evento foi marcado também pela despedida da África do Sul, que foi banida das Olimpíadas por causa do apartheid, regime de segregação racial que existia desde 1948 no país, que só foi autorizado a voltar aos Jogos em Barcelona-1992.

A política de segregação racial conhecida como apartheid foi instituída na África do Sul em 1948. O regime dava apenas à minoria branca direitos políticos e econômicos, enquanto a maioria negra não podia votar e era confinada geograficamente, obrigada a viver em zonas residenciais segregadas. Casamentos e relações sexuais entre pessoas de diferentes etnias também eram proibidos.

Apesar das pressões sofridas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), a África do Sul só foi oficialmente banida das Olimpíadas em 18 de agosto de 1964, menos de dois meses antes do início dos Jogos de Tóquio. Três anos antes, os sul-africanos já haviam sido suspensos de todas as competições organizadas pela Federação Internacional de Futebol (Fifa).

+SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Apesar de ter ficado fora dos Jogos até Barcelona-1992, a África do Sul causou mais prejuízos ao movimento olímpico por causa do apartheid em Montreal-1976. Um grupo de 32 países, dos quais 24 eram africanos, decidiu não participar do evento em protesto ao fato da emblemática seleção de rugby da Nova Zelândia, os famosos All Blacks, ter feito uma excursão em território sul-africano.

Os 32 países queriam que os neozelandeses fossem proibidos de participar dos Jogos Olímpicos de Montreal-1976 por terem furado o boicote à África do Sul, mas o COI não aceitou a exigência e eles optaram por ficar de fora da Olimpíada.

A pressão internacional contra o apartheid crescia na mesma medida que as manifestações populares contra o regime aconteciam dentro da África do Sul. Aos poucos, reformas começaram a ser feitas no país, mas o golpe final na segregação racial aconteceu com a eleição de Frederick de Klerk em 1989.

+ CONHEÇA O BLOG CURIOSIDADES OLÍMPICAS

Em 1990, Nelson Mandela, que estava preso há 28 anos, foi libertado e o Congresso Negro Africano (CNA), organização liderada por ele e principal oposicionista ao apartheid, voltou à legalidade. Klerk revogou as leis raciais e a política foi legitimada por um plebiscito só para brancos em que 69% dos eleitores votaram pelo fim do regime.

nelson mandela era o principal líder da oposição ao apartheid na áfrica do sul, regime que fez o país ficar de fora dos jogos olímpicos por 32 anos
Nelson Mandela foi eleito presidente da África do Sul em 1994 (Dave Cannon /Allsport)

Com o fim do apartheid, a África do Sul foi autorizada a voltar aos Jogos Olímpicos e pôde reestrear em Barcelona-1992. Na edição espanhola da Olimpíada, Derartu Tulu, atleta negra, da Etiópia, ganhou a medalha de ouro dos 10.000 m rasos, derrotando Elana Meyer, atleta branca, sul-africana.

Depois da prova, as duas corredoras se abraçaram e fizeram a volta Olímpica, juntas, para mostrar ao mundo que estava passando da hora de encerrar um longo período de discriminação e preconceito. Dois anos depois, Nelson Mandela foi eleito presidente da África do Sul, sepultando de uma vez por todas o regime de segregação racial, que imperou no país por 44 anos.

África do Sul nos Jogos Olímpicos

JogosAtletasOuroPrataBronzeTotalPosição
1896não participou
1900não participou
190480000
190814110214º
1912214206
1920393431011º
192430111318º
192824102323º
193212203515º
193632010125º
194035211418º
1952642441012º
195650004433º
196055012328º
1964não participou
1968não participou
1972não participou
1976não participou
1980não participou
1984não participou
1988não participou
199293020241º
199684311527º
2000127023555º
2004106132643º
2008134010170º
2012124321679º
20161372621030º

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Fundador e diretor de conteúdo do Olimpíada Todo Dia

Mais em Política, Guerras e Boicotes