Siga o OTD

Mundial de Paraciclismo Lauro Chaman

Ciclismo Estrada

Lauro Chaman conquista o ouro no Mundial de Paraciclismo

Principal nome do Brasil na modalidade, Lauro Chaman conquistou a medalha de ouro na prova de estrada do Mundial de Paraciclismo

(Divulgação)

Lauro Chaman conquista o ouro no Mundial de Paraciclismo

O ciclista Lauro Chaman, da categoria C5, faturou a medalha de ouro na prova de estrada neste sábado, 12, no Campeonato Mundial de Paraciclismo de estrada disputado em Cascais, em Portugal. Com o tempo de 2h05min47s, Lauro sagrou-se bicampeão mundial nesta prova.

O percurso de 92 km distribuídos em circuito bastante técnico montado no Autódromo de Cascais, em Portugal, foi o palco do triunfo brasileiro. O pódio foi completado pelo ucraniano Yehor Dementyev e pelo francês Kevin Le Cunff.

+ Jady Malavazzi conquista 7ª colocação em contrarrelógio de Mundial de Paraciclismo

“Estou muito feliz por ser campeão do mundo mais uma vez! Essa vitória é muito importante a dois meses para os Jogos de Tóquio. Foi uma prova muito intensa, rápida. Procurei estar sempre na frente, foi uma prova bem técnica nas descidas”, comentou o bicampeão mundial Lauro Chaman.

Esta é a segunda medalha conquistada por Lauro na disputa deste Mundial de ciclismo de estrada. Anteriormente o paraciclista brasileiro já havia conquistado a medalha de bronze na disputa da prova Contrarrelógio da categoria C5 masculino.

A primeira medalha dourada em Mundial de ciclismo de estrada do paulista de Araraquara foi em 2017 na África do Sul. Lauro, que nasceu com o pé esquerdo virado para trás e, após passar por cirurgia de correção, perdeu os movimentos no tornozelo, acarretando uma atrofia na panturrilha, ingressou no esporte paralímpico aos 22 anos. 

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

O Brasil ainda contou com outros dois representantes na disputa deste sábado no Mundial de Paraciclismo de estrada. Pela disputa da categoria C4, André Grizante terminou a disputa na sexta colocação, enquanto Victoria Maria Barbosa foi a quinta colocada no C2 feminino.

Mais em Ciclismo Estrada