Siga o OTD

Canoagem Velocidade

Fernando Rufino é campeão na Copa do Mundo; Isaquia Queiroz vai à final

Rufino leva 1º ouro do Brasil na Copa do Mundo, e Debora Benevides é prata. Isaquias vai à final e Erlon não compete mais

Fernando Rufino - Copa do Mundo de paracanoagem - Isaquias Queiroz - Erlon de Souza
(Twitter/canoagembrasileira)

O Brasil conquistou sua primeira medalha na etapa de Szeged, na Hungria, da Copa do Mundo de canoagem velocidade e paracanoagem. Na madrugada desta sexta-feira (14), Fernando Rufino confirmou o favoritismo e foi o grande campeão da prova VL2 masculino. Além disso, Debora Benevides conquistou a medalha de prata e Isaquias Queiroz avançou para a final no C1 1000m. No entanto, Erlon de Souza sentiu o quadril, parou na semifinal da mesma prova e não vai mais competir na Copa do Mundo para se previnir para Tóquio.

Logo na primeira prova do dia, Fernando Rufino brilhou. Ele já havia liderado o VL2 masculino no dia anterior, se classificando direto par a Final A, e repetiu o resultado. O brasileiro terminou a prova com o tempode 54.28, 1.98 a menos que o segundo colocado, o português Norberto Mourão.

Vale lembrar ainda que Ferrnando Rufino já está classificado para os Jogos Paralímpicos de Tóquio-2020 e ainda disputa mais uma final nesta etapa de Copa do Mundo de paracanoagem. Ele vai brigar pela medalha no KL2 masculino, neste sábado (15), às 11h20 (de Brasília).

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

O segundo melhor resultado brasileiro na paracanoagem, depois de Fernando Rufino, foi o de Debora Benevides, que estreou nesta sexta-feira (14) na competição e terminou como vice-campeã do VL2 feminino, com o tempo de 54.28, 2.47 a mais que a campeã russa, Mariia Nikiforova.

E por fim, Giovane Vieira de Paula fechou a participação do Brasil neste segundo dia da Copa do Mundo de paracanoagem, mas ficou apenas na quinta colocação na final do VL3 masculino.

Isaquias Queiroz na final e Erlon de Souza para na semi

Na estreia dos brasileiros na Copa do Mundo de canoagem velocidade, Isaquias Queiroz confirmou o favoritismo e garantiu vaga na grande final do C1 masculino 1000m. Na classificatória, ele não decepcionou, levando a melhor na sua bateria, com a marca de 4:02.35.

Posteriormente, na semifinal, o dono de três medalhas olímpicas fez uma prova disputada com o tcheco Martin Fuksa, venceu por 0.18 de diferença para o adversário e garantiu vaga na final A. A decisão acontece neste sábado (15), às 07h10 (de Brasília).

Já Erlon de Souza, no entanto, não fez uma boa semifinal e acabou se classificando apenas para a final B, depois de terminar na quinta colocação. Na classificatória, ele havia vencido sua bateria, com tempo final de 4:08:37. A final B também acontece no sábado, mas às 06h05 (de Brasília), mas ele não vai disputar a prova, se poupando após sentir o quadril.

Já no C2 500m, a nova geração do Brasil brilhou. Jacky Godmann e Filipe Vieira terminaram a classificatória na terceira posição da bateria, com tempo de 1:41:66. Assim, eles avançaram à semifinal da prova, que acontece neste sábado (15), às 4h51 (de Brasília).

E por fim, na última prova do dia, o C2 1000m, Isaquias Queiroz e Jacky Godmann enfrentaram uma bateria difícil, chegaram a liderar, mas terminaram na terceira colocação. Com isso, eles disputam a semifinal, nesta sábado (15), às 10h44 (de Brasília).

Cotas olímpicas em jogo

A paracanogem brasileira já tem vaga garantida no VL2 Masculino e Feminino, VL3 Masculino e KL2 Masculino. Agora está atrás de mais três cotas: KL3 Feminino e Masculino e o KL1 Feminino. Asseguram as vagas os quatro primeiros de cada final, que ainda não estejam classificados para os Jogos.

Portanto, neste sábado (15), às 05h15 (de Brasília), Mari Santilli disputa a final do KL3 feminino em busca de uma vaga olímpica. Mais tarde, será a vez de Adriana Gomes de Azevedo competir a decisão do KL1 feminino, também buscando a vaga em Tóquio-2020, às 11h15 (de Brasília). E por fim, no KL3 masculino, Giovane Vieira disputará apenas a final B.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Canoagem Velocidade