Siga o OTD

Curso Assédio no esporte COB

Canoagem Slalom

CBCa exigirá realização de curso contra assédio no esporte

Entidade exigirá o certificado para a disputa de competições da modalidade

Curso é realizado de maneira gratuita pela internet (Miriam Jeske/COB)

CBCa exigirá realização de curso contra assédio no esporte

Nesta terça-feira (26), a CBCa (Confederação Brasileira de Canoagem) divulgou que, a partir de 2021, exigirá de seus atletas a realização do curso de Prevenção e Enfrentamento do Assédio e Abuso no Esporte como pré-requisito para a participação em seus eventos.

Segundo o comunicado, todos os profissionais envolvidos – atletas, técnicos, presidente de clubes, presidentes de federação, árbitros, colaboradores – terão que apresentar o certificado de conclusão do curso elaborado pelo IOB (Instituto Olímpico Brasileiro), o departamento de educação do COB (Comitê Olímpico do Brasil).

A CBCa é a primeira entidade a exigir a obrigatoriedade da realização das aulas como pré-requisito nas suas atividades, a ação pretende ser mais uma ferramenta para coibir abusos no esporte. O curso tem conseguido a adesão de atletas e profissionais de todas as faixas etárias, desde os que estão iniciando suas carreiras até aqueles que já construíram uma brilhante trajetória no esporte.

Aprovação unânime

CBCa e Prevenção e Enfrentamento do Assédio e Abuso
Competições da canoagem exigirão a realização do curso (Divulgação/CBCa)

“Discutimos essa medida com o nosso Conselho Administrativo da entidade, os membros foram unânimes na aprovação, é um passo muito importante que estamos fazendo porque desta forma todos terão acesso as informações e principalmente como prevenir essa situação”, comenta João Tomasini Schwertner, presidente da Confederação Brasileira de Canoagem, que em 2018 criou um canal  de ouvidoria para receber denúncias.

Conheça o curso

Lançado no mês de março deste ano, o objetivo do curso de Prevenção e Enfrentamento do Assédio e Abuso no Esporte é mostrar como o assédio e o abuso podem se manifestar no meio esportivo, de que forma é possível reconhecer seus sinais e como as organizações podem enfrentar essas práticas, além de explicar ações de prevenção, denúncia, enfrentamento e acolhimento às vítimas.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Gratuito, com carga horária de 30 horas, o curso foi lançado em formado de ensino a distância e está dividido em quatro temas principais: “O que é assédio e abuso?” – definições e categorias; “Reconhecendo os sinais” – como identificar casos de assédio e abuso; “Conhecendo o seu papel” – reconhecer, denunciar e prevenir; e “O que as organizações esportivas podem fazer?” – como atuar na prevenção do abuso e assédio no esporte.

Desde a sua criação, as aulas já atraíram mais de 3.000 profissionais do esporte, sendo 750 destes sendo esportistas ou ex-esportivas. Indicado para atletas, treinadores, gestores e demais agentes envolvidos com o esporte), a inscrição pode ser feita neste link.

Mais em Canoagem Slalom