Siga o OTD

brasileirão basquete feminino

Basquete

Joinville, Bradesco, Nosso Clube e Sport Recife vencem no Brasileirão feminino

Conferência Heleninha tem noite agitada com invictas e grandes atuações

(Fotos: Diego Maranhão/CBB)

Joinville, Bradesco, Nosso Clube e Sport Recife vencem no Brasileirão feminino

Após um dia de folga, o Brasileirão de basquete feminino voltou com tudo no Recife com a quarta rodada da Conferência Heleninha. Os dois primeiros jogos, vitórias fáceis do Joinville-SC e do Bradesco Esportes-SP sobre Sociedade Thalia-PR e São José-SC, respectivamente. Nos dois últimos duelos da noite, o Nosso Clube/Instituto Vitaliza-PE venceu o e o Aeroclube-RN, enquanto o Sport Recife-PE levou a melhor sobre o Clube Campestre-PB.

Confira como foi cada uma das partidas válidas pelo Brasileirão de basquete feminino.

+ Tabela da competição

Joinville bate Sociedade Thalia-PR e vence a primeira

O Joinville venceu a primeira no Brasileirão de basquete feminino. Após bater na trave nas primeiras rodadas, a equipe de Santa Catarina dominou o confronto diante do Sociedade Thalia-PR e triunfou por 82 a 46. O destaque do jogo foi a ala Jhei, com 14 pontos, nove rebotes e quatro assistências. Do lado do Sociedade Thalia, Julia Letty mais uma vez foi o melhor nome, com 11 pontos, quatro rebotes e três assistências.

“Estou muito feliz com a nossa primeira vitória e em poder participar de um torneio como o Brasileirão. Tem sido uma experiência enorme do ponto de vista esportivo e pessoal. Queria agradecer a todos os patrocinadores que tornaram possível estarmos aqui”, disse Jhei ao fim da partida.

brasileirão basquete feminino
(Fotos: Diego Maranhão/CBB)

Bradesco Esportes-SP mantém invencibilidade ao vencer São José/ELASE-SC

O Bradesco Esportes segue imparável no Brasileirão de basquete feminino. Nesta quarta-feira, o time enfrentou o São José/Elase e venceu fácil para conquistar sua quarta vitória no torneio, mantendo-se invicto: 79 a 41. O Bradesco conta no torneio com diversas jogadoras com passagem em seleções de base, como Vitória Moura, Julia Schmauch, Raiane dos Santos, e também com Maria Carolina, que esteve com o Brasil no Pré-Olímpico de Bourges, na França, em 2020.

Maria Carolina, inclusive, foi a MVP da partida diante do São José, levando para casa o seu segundo troféu Norminha de melhor em quadra. Ela anotou 13 pontos, com nove rebotes e três assistências. Julia Schmauch também foi bem com quatro bolas de três e 16 pontos. Do lado do São José, Ana Júlia foi a mais eficiente com sete pontos e cinco rebotes.

“Nosso time está evoluindo a cada partida, mas ainda temos três jogos nessa Conferência e queremos seguir vencendo para conquistar um lugar nas quartas de final do campeonato. Vamos manter o trabalho para evoluir cada vez mais”, disse Carolina.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

brasileirão basquete feminino
(Fotos: Diego Maranhão/CBB)

Nosso Clube-PE vence Aeroclube-RN e se mantém na briga

O Nosso Clube/Instituto Vitaliza venceu o segundo jogo seguido ao derrotar o Aeroclube por 67 a 53 e manteve-se na briga pelas primeiras posições da Conferência Heleninha do Brasileirão de basquete feminino. Em quatro jogos, o time venceu três, e foi derrotado apenas no clássico diante do Sport Recife. Diante do Aeroclube, o confronto foi equilibrado, mas o Nosso Clube abriu no terceiro período com boas atuações de Júlia Ferreira, Ster e Mari Medeiros.

Júlia terminou como a melhor em quadra, com 14 pontos, 11 rebotes e cinco assistências. Do lado do Aeroclube, Kátthyla Larissa teve dez pontos, com 15 rebotes.

“Esse campeonato é uma grande experiência para todas nós jogadoras e estou muito feliz com essa oportunidade. Nosso time está melhorando e brigando a cada dia para conquistar os primeiros lugares dessa conferência”, disse Júlia ao fim do duelo.

Sport Recife-PE vence Campestre-PB e segue invicto

O Sport Recife é, ao lado do Bradesco, o único invicto no Brasileirão feminino. Nesta quarta-feira, o time se impôs diante do Clube Campestre em partida nervosa e triunfou mais uma vez no torneio jogando dentro de casa. A partida teve uma atuação de gala da armadora Casanova nos dois primeiros períodos, dominando as ações, com dez assistências em dois períodos.

Na sequência, o Campestre equilibrou a partida, pelas mãos de Brenda Bleidão e Thainá Fernanda, e chegoua trazer o marcador para bem próximo. O Sport conseguiu se segurar nos minutos finais, manteve a margem e venceu por 70 a 59.

+RECEBA NOTÍCIAS NO NOSSO CANAL NO TELEGRAM OU PARTICIPE DO NOSSO GRUPO DO WHATSAPP

brasileirão basquete feminino
(Fotos: Diego Maranhão/CBB)

“Continuamos invictas, mas esse foi o jogo mais difícil que tivemos. Um duelo onde tivemos que mostrar a nossa força, marcar muito correr muito e estou cansada, a idade pesa (risos). Mas estou feliz pelo triunfo e pela invencibilidade até aqui. Temos um jogo duríssimo contra o Bradesco na quinta-feira e vamos trabalhar para seguir invictas”, disse Karen, melhor em quadra com 22 pontos, enquanto Brenda Bleidão, do Campestre, também fez 22 pontos.

Mais em Basquete