Siga o OTD

flamengo bauru NBB

Basquete

Crescendo no fim, Flamengo vira, vence Bauru e mantém a liderança isolada

Com último quarto arrasador, time carioca sacramenta a virada e vence a 22ª na atual temporada

(João Pires/LNB)

Crescendo no fim, Flamengo vira, vence Bauru e mantém a liderança isolada

Em mais uma noite de jogos do NBB da atual temporada, o Flamengo venceu o Bauru, por 91 a 86, nesta quinta-feira (4), na capital paulista. Com cinco jogadores marcando pelo menos 11 pontos, o destaque do duelo foram o pivô Olivinha e o ala Marquinhos, com 20 e 19 pontos respectivamente. Pelo lado derrotado, Gui Deodato fez 24.

“Graças a Deus vem dando certo, principalmente nos jogos grandes. Acho que no primeiro tempo não fizemos o que foi planejado, tomamos um esporro no vestiário e no segundo tempo a vitória veio”, comentou Olivinha.

Com o resultado, o Flamengo segue como líder isolado do NBB, com apenas duas derrotas em 24 partidas. Já o Bauru segue dividindo a quarta colocação, com 15 vitórias em 23 partidas, com o Paulistano.

O jogo

O jogo começou com duas bolas de três, uma para cada lado, nos primeiros minutos de duelo. Na sequência, os dois times seguiram trocando cestas até o Flamengo abrir 15 a 10. Neste momento do confronto, os dois capitães do jogo das estrelas do NBB, Alex Garcia e Marquinhos, chamaram a responsabilidade e passaram a resolver os ataques, mantendo a diferença no marcador.

 Entretanto, nos últimos segundos, Larry Taylor conseguiu acertar uma bola do meio da quadra e o time paulista terminou os 10 primeiros minutos perdendo por 23 a 22. 

No segundo período, as bolas de três apareceram. Com a artilharia pesada do perímetro, o Bauru conseguiu colocar a vantagem em cinco pontos, com 34 a 29, e o time carioca parou o duelo. Na volta, o Flamengo melhorou um pouco na defesa, parou algumas investidas de Alex e Gui Deodato e manteve a diferença em cinco pontos. 

-Tabela do NBB 2020/2021

Nos três minutos finais, o Flamengo melhorou na defesa e com uma bola de três de Marquinhos trouxe a diferença para apenas dois pontos, com 43 a 41. Na sequência, já no minuto final, Alexey fez mais dois para o Bauru em boa jogada individual. Nas últimas posses de bola de cada equipe, o time carioca errou o arremesso e os paulistas somaram mais dois pontos com Jaú, levando o placar em 47 a 42. 

Segundo tempo

O terceiro quarto começou com duas bolas de fora, uma do armador Alexey Borges e outra de Gui Deodato, para o Bauru, colocando a diferença em onze pontos. A resposta do Flamengo veio na mesma moeda, com Marquinhos, trazendo a diferença para oito.

Na sequência do período, o time carioca encontrou o ritmo no ataque, aumentou o volume usando as bolas dentro do garrafão e colocou a diferença em apenas dois pontos, com 53 a 51, forçando a parada no duelo. Na volta, Alex colocou a bola de 3 para o Bauru e a vantagem subiu para cinco.

Na reta final do período, Olivinha chamou a responsabilidade pelo lado do Flamengo e com duas bolas de 3 colocou a desvantagem em apenas um ponto, com 60 a 59. Com o equilíbrio reestabelecido, as duas equipes chegaram empatadas em 67 a 67 até 0,4s para o fim.

Mais um vez, no estouro do cronômetro, o Bauru conseguiu uma cesta, agora com Gui Deodato, e foi para os últimos 10 minutos vencendo por dois pontos.

Flamengo cresce no fim

O último período começou com uma bola de 3 de Larry Taylor e uma cravada de Alex Garcia, colocando a diferença em sete pontos e forçando o pedido de tempo. Na volta, o Flamengo encaixou, aumentou o volume e com uma bola rápida de Marquinhos conseguiu a virada, para 76 a 74.

Na reta final do jogo, o time carioca soube jogar na frente do placar. Cadenciando o ritmo do duelo, o Flamengo manteve a vantagem em mais de uma posse e colocou o cronômetro da partida ao seu favor. Faltando menos de dois minutos, apesar de uma tentativa de reação, Marquinhos colocou uma bola de fora e fez 87 a 80.

Com menos de um minuto para o fim, Bauru conseguiu a bola de fora com Tyrone, trouxe a diferença no marcador para 87 a 83 e ficou vivo no duelo. Na sequência, as trocas de faltas e lances livres começou. Com isso, o Flamengo manteve a liderança e fechou o jogo com a vitória por 91 a 86.

Mais em Basquete