Siga o OTD

São Paulo caxias do sul nbb

Basquete

São Paulo oscila muito, mas vence Caxias do Sul na volta ao NBB

Após perder a final da Copa Super 8 de forma bem doída, tricolor paulista sofreu, mas conseguiu bater os rivais do sul do país e chega a 12 vitórias em 16 jogos

(Marcos Limonti/Divulgação)

São Paulo oscila muito, mas vence Caxias do Sul na volta ao NBB

O São Paulo teve pouquíssimo tempo para remoer a derrota diante do Flamengo na decisão da Copa Super 8. Menos de dois dias depois, o tricolor paulista entrou em ação já pelo returno do NBB e começou o jogo de forma lenta, tomou alguns sustos, mas bateu o Caxias do Sul pelo placar de 86 a 81.

A vitória, nesta segunda-feira (25), no ginásio Poliesportivo H. Villaboim, na capital paulista, mantém o São Paulo no terceiro lugar do NBB, agora com 12 vitórias e quatro derrotas. O time soma 28 pontos, mesma pontuação que o Flamengo, que ainda não estreou no segundo turno da competição.

+ Confira a tabela do NBB – Novo Basquete Brasil – 2020/2021

Cinco jogadores do São Paulo tiveram dígitos duplos na pontuação. Lucas Mariano foi o líder da equipe com 16 pontos. Isaac e Shamell contribuíram com 14 pontos cada, Georginho fez um triplo-duplo (13 pontos, 10 rebotes e 13 assistências) e Renan marcou 10 pontos.

Cestinha foi de Caxias

Já pelo lado do Caxias, a expectativa era de melhorar a situação na tabela neste segundo turno. Na primeira metade do campeonato, o saldo da equipe gaúcha acabou não sendo positivo, já que o time somou três vitórias e 12 derrotas.

E olha que, contra o São Paulo, o time de Caxias teve o cestinha e o vice-cestinha. Eddy anotou 18 pontos e Antonio 16 pontos. O time catarinense saiu na frente no primeiro quarto, mas perdeu muito rendimento nos dois períodos subsequentes e não conseguiu a virada no último período.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Vitorioso em seu último compromisso do primeiro turno, diante do Corinthians, o Caxias vinha apresentando uma crescente na reta final do primeiro turno. Mas a derrota diante do São Paulo, ainda mais do jeito que foi, com o time catarinense ficando à frente do placar em alguns momentos, tirou um pouco o ímpeto e a empolgação para a sequência do NBB.

Mais em Basquete