Siga o OTD

gabi campos nbb pinheiros unifacisa

Basquete

Defesa domina e Pinheiros passa pela Unifacisa no NBB

Pressão na bola e defesa em zona travam jogo da equipe paraibana e garantem quarto triunfo dos paulistas na atual temporada do NBB

Disciplina, energia e comunicação (Divulgação/LNB)

Defesa domina e Pinheiros passa pela Unifacisa no NBB

Em confronto válido pela sétima rodada do NBB, a Unifacisa encarou o Pinheiros no ginásio Poliesportivo H. Villaboim, na capital paulista e sofreu com a forte marcação do adversário. Sem produzir no ataque, o time paraibano foi abaixando a guarda e saiu de quadra derrotado por 84 a 72.

Destaque para a dupla Munford e Gabi Campos, que comandou o Pinheiros nos dois lados da quadra. Munford anotou um duplo-duplo (19 pontos e 12 rebotes), já Gabi Campos marcou 22 pontos e pegou seis rebotes. O time paulista ainda teve Humberto com 15 pontos e quatro assistências

Do lado da Unifacisa, Betinho fez 19 pontos e pegou seis rebotes, enquanto Morillo fez 15 pontos e pegou dois rebotes.

Munford Pinheiros Unifacisa NBB basquete masculino
Munford anotou um duplo-duplo (Ricardo Bufolin/ECP)

O técnico David Pelosini justificou a postura implacável do sistema defensivo do Pinheiros. “A base do nosso trabalho possui três pilares defensivos: disciplina, energia e comunicação. Minha característica é treinar a defesa para que seja agressiva e sincronizada. Com a defesa estruturada e o ataque eficaz, a chance de vitória aumenta”, constatou o treinador pinheirense.

Os elogios não ficaram restritos à defesa. “Nosso ataque fez o time subir de nível. E teve um detalhe importante, fez um jogo simples ofensivamente, o que permite aos mais novos como, Gabriel, Danilo, Buffat e Valtinho, subirem de produção”, acrescentou.

Com o resultado, o Pinheiros subiu para o 12º lugar do NBB e tem campanha de quatro vitórias e oito derrotas. Já a Unifacisa estagnou no oitavo lugar, com seis vitórias e sete derrotas.

O jogo

O primeiro quarto começou com as defesas jantando os ataques. Muita pressão na bola, o que resultou em um baixo aproveitamento dos arremessos das duas equipes. A sensação é que a Unifacisa abaixou a guarda um pouco, o Pinheiros conseguiu abrir ao fim do período e saiu em vantagem de 21 a 15.

Gabriel Pinheiros Unifacisa NBB basquete masculino
Gabi Campos marcou 22 pontos (Ricardo Bufolin/ECP)

Na volta para o fim do primeiro tempo, o Pinheiros seguiu marcando muito forte. O armador Betinho, mas nas bolas de três, não tinha sossego para pensar o jogo e distribuir a bola no ataque da Unifacisa. Do outro lado, Gabriel deitava e rolava, principalmente nas transições.

+ Confira a tabela da competição

Só que a Unifacisa não desiste facilmente. Gemadinha botou a bola embaixo do braço e chamou a responsabilidade e não deixou o placar desgarrar para o time paraibano, e olha que a diferença no intervalo passou de seis para sete pontos: 37 a 30 para o time paulista.

Na volta do vestiário, o Pinheiros diminuiu o ritmo na defesa, apostou numa zona e chamou a Unifacisa para cima. Com arremessos de fora, o time paraibano deu um gás deu um susto no adversário. Mas Humberto, com duas bolas de três, freou o ritmo e colocou 10 pontos de vantagem para o time paulista.

César Guidetti pediu um tempo e tentou avançar a marcação da Unifacisa, para pressionar a saída do Pinheiros. Momentaneamente, a tática funcionou, só que o time paraibano perdeu três bolas seguidas no ataque, se afundou em faltas e foi para o último período perdendo por 12 pontos: 59 a 47.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Antes que pudesse esboçar uma reação, a Unifacisa viu o Pinheiros fazer cinco pontos seguidos, três com Munford e dois com Gabriel. O jogo desandou totalmente, a equipe paraibana viu a desvantagem subir para 20 pontos e o jogo sair do controle totalmente.

Mais em Basquete