Siga o OTD

AmeriCup - Brasil - Seleção brasilera de basquete - Paraguai

Basquete

Brasil bate Paraguai, mantém 100% e garante vaga na AmeriCup

Caio Pacheco brilha de novo, seleção supera queda de rendimento depois de começo avassalador e garante a classificação

Caio Pacheco foi o cestinha pelo segundo jogo seguido (Divulgação/FIBA)

Brasil bate Paraguai, mantém 100% e garante vaga na AmeriCup

O Brasil está classificado para a AmeriCup 2022. Depois de vencer o Panamá com uma certa dificuldade, a seleção masculina de basquete voltou a entrar em ação pelas Eliminatórias da competição na tarde deste sábado (28), e com um começo avassalador, superou uma queda de rendimento e segurou a reação do Paraguai para vencer pelo placar de 73 a 50.

Pelo segundo jogo seguido, o cestinha da partida foi Caio Pacheco, que anotou 18 pontos, além de um rebote e três assistências. Gui Santos foi o segundo maior pontuador, com 10 pontos e Lucas Dias foi muito bem na defesa, com 11 rebotes.

Vale lembrar que o duelo com o Paraguai aconteceu pouco mais de 24h depois da vitória sobre o Panamá, que marcou o retorno da seleção às quadras depois de sete meses longe delas por causa da pandemia.

Assim, com os dois triunfos, o Brasil mantém o 100% nesta fase da competição, com quatro vitórias em quatro jogos, e garante a vaga na AmeriCup 2022, seguindo na liderança do Grupo B.

Após a rodada de novembro, o time volta a jogar apenas em fevereiro do ano que vem, fechando sua participação nas Eliminatórias da AmeriCup, contra os próprios Panamá e Paraguai.

O jogo

AmeriCup - Brasil - Seleção brasileira de basquete
Brasil teve um começo de jogo avassalador (Divulgação/FIBA)

Ao contrário do que aconteceu no jogo de sexta-feira (27), o Brasil começou a partida neste sábado de maneira arrasadora. Liderada por Caio Pachecoo e Danilo Fuzaro, a seleção brasileira não dava chances e dominava o Paraguai, abrindo mais de 25 pontos de vantagem somente no primeiro quarto, que terminou em 30 a 5.

Petrovic aproveitou, então, para rodar o time, que entrou em quadra um pouco mais disperso, deixando o Paraguai crescer no jogo. Mesmo assim, a diferença já era muito grande e a seleção conseguiu manter a vantagem, mesmo não estando tão sólida e com aproveitamento muito baixo nos lances livres. Assim, o Paraguai conseguiu levar a melhor no segundo quarto, por 22 a 16, mas a vantagem ainda era de 19 pontos no placar total.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

A seleção brasileira voltou à quadra com a mesma formação do primeiro quarto. Mas começou muito mal na parcial, vendo o Paraguai fazer 6 a 0 e diminuir a diferença. Com metade do período completo, o Brasil tinha apenas quatro pontos marcados, todos de Caio Pacheco. A equipe de Petrovic conseguiu melhorar a defesa e parar um pouco o ímpeto do Paraguai, mas o ataque ainda sofria. Ainda assim, terminou a parcial com apenas dois pontos a menos que o adversário.

No quarto e último período, o Brasil começou com uma bela cesta de três de Gui Carvalho, mas depois, a bola sofria para cair. Ambas as seleções caíram de rendimento e a brasileira aos poucos retomou o ritmo ofensivo, abrindo vantagem novamente, que terminou em 23 pontos.

Mais em Basquete