Siga o OTD

Lebron James diz estar aberto a discutir retorno da NBA

Coronavírus

Lebron James diz estar aberto a discutir retorno da NBA

Maior astro da liga afirma que segurança de todos deve ser prioridade; Karl-Anthony Towns, dos Timberwolves, perdeu a mãe recentemente por conta do coronavírus

(instagram/kingjames)

Lebron James diz estar aberto a discutir retorno da NBA

O astro do basquete LeBron James afirmou nesta segunda-feira (13) que está aberto a discutir opções para que as equipes da NBA encontrem uma forma de dar continuidade a atual temporada, paralisada desde o começo de março por conta da pandemia do novo coronavírus.

“Acho que a linha de comunicação está aberta. Não apenas dos proprietários, dos jogadores, de toda a liga. Queremos continuar em comunicação e ver de que maneira podemos fazer isso. E, obviamente, o primeiro ponto é a segurança e o bem-estar de todos nós aqui nos Estados Unidos, antes de controlar a pandemia do novo coronavírus. Uma vez que esteja sob controle, e seja permitido retomar algum tipo de atividade, adoraria retomar a temporada”, afirmou o astro dos Los Angeles Lakers em áudio divulgado pela NBA.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

Segundo Lebron James, se a única opção para o retorno do campeonato for a realização de jogos sem a presença de torcedores, haverá um prejuízo significativo, porém, a segurança deve ser a prioridade.

“Obviamente, todos nós gostaríamos de acordar amanhã e ouvir das autoridades: ‘O coronavírus está sob controle, e em duas semanas poderemos ter o retorno de nossas vidas normais’. Isso seria o ideal, mas estamos apenas vivendo um dia após o outro. Haverá outro jogo este ano com os fãs da NBA nas arquibancadas? Realmente espero que sim. Eu não sei, mas realmente espero que sim”, concluiu Lebron James.

+ DEVIN BOOKER, DOS SUNS, VENCE TORNEIO ONLINE DA NBA

Coronavírus mata a mãe de astro dos Timberwolves

O coronavírus fez mais uma vítima na NBA. A mãe do pivô do Minnesota Timberwolves, Karl-Anthony Towns, morreu nesta segunda-feira (13) por conta do contagioso vírus.

No final de março, o jogador de 24 anos da NBA divulgou um vídeo contando que sua mãe, Jacqueline Towns, havia sido hospitalizada e estava em coma induzido devido à doença, na tentativa de alertar publicamente sobre a ameaça representada pelo vírus. Seu pai também contraiu a doença, mas foi liberado após algumas semanas.

O Minnesota Timberwolves publicou em suas redes sociais um comunicado de um porta-voz da família Towns que “Jacquie, como era carinhosamente conhecida por familiares e amigos, lutou contra o vírus por mais de um mês até sua morte em 13 de abril e que a família está completamente devastada e pede, respeitosamente, privacidade nesse período de luto”.

Doações na NBA

Towns é um dos jogadores da NBA que contribuíram financeiramente na luta contra o coronavírus nos Estados Unidos. O jogador fez uma doação de 100 mil dólares para uma clínica especializada em testes de detecção do novo coronavírus.

O armador Jeremy Lin, ex-jogador da NBA e campeão no ano passado com o Toronto Raptors, prometeu nesta segunda-feira doar até um milhão de dólares para ajudar no combate à pandemia do novo coronavírus.

Os Estados Unidos são o país com o maior número de casos de contágio (mais de 580.000) e mortes (mais de 23.000) em números totais no mundo, de acordo com a contagem da Universidade Johns Hopkins.

Mais em Coronavírus