Siga o OTD

Raulzinho está em quarenta por causa do Coronavírus

Basquete

Em quarentena, Raulzinho comenta rotina e papo com Gobert

Brasileiro ligou para o francês, primeiro jogador do basquete norte-americano infectado, e fará teste para saber se tem o Coronavírus

Raulzinho tinha ganhado espaço nos 76ers até NBA ser suspensa (Foto: Reprodução/Instagram)

Em quarentena, Raulzinho comenta rotina e papo com Gobert

O brasileiro Raulzinho, armador do Philadelphia 76ers, comentou como está sua vida nos Estados Unidos desde que a NBA foi suspensa por conta da pandemia do Coronavírus. Em vídeo divulgado nesta segunda-feira (16), o jogador contou sobre a mudança de rotina e revelou uma conversa com Rudy Gobert, ex-companheiro de Utah Jazz, amigo e primeiro infectado da doença no basquete norte-americano.

Quarentena e novo cotidiano

Sem jogos, treinos ou viagens, Raulzinho precisou mudar sua rotina. Acostumado ao dia a dia de um atleta, o brasileiro está em quarenta dentro de sua casa após Christian Wood, do Detroit Pistons, equipe a qual enfrentou há cinco dias, ter testado positivo para o vírus. Desde então, o time e o armador estão sem treinar.

“Agora há pouco ficamos sabendo de que um jogador do Detroit estava com o Coronavírus, então estamos em quarenta e vamos fazer o teste para saber se estamos contaminados. Vamos esperar isso para ver como o time vai reagir, se vamos seguir com os treinos”, disse.

O brasileiro admitiu que foi difícil se adaptar ao novo cotidiano no começo, mas afirmou que, ao se informar melhor sobre a importância do momento em que o mundo vive, ficou mais fácil passar os dias sem sair de casa.

“Assim que eu comecei a ficar mais consciente, sabendo que eu vou ficar muitos dias dentro de casa, comecei a criar uma rotina. Estipulei horários para acordar, ler, meditar e treinar. Aproveitei para falar com a minha família, coisa que durante a temporada não tenho muito tempo. Agora que eu criei uma rotina tem ficado mais fácil passar o dia em casa”, afirmou.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

Raulzinho ainda reforçou as medidas a serem tomadas para combater o vírus, como lavar as mãos, evitar aglomerações e ficar em casa sempre que possível, e pediu consciência às pessoas.

“Todos os atletas queriam estar jogando, treinando, mas estão em casa. Não está sendo fácil, mas espero todo mundo tomes as previdências necessárias para que a gente possa voltar às quadras e todos ao seu dia a dia normal. Juntos podemos conter essa pandemia para voltar à nossa rotina”, concluiu.

Conversa com Gobert

Raulzinho e Rudy Gobert em evento promovido pelo brasileiro em São Paulo (divulgação)

Raulzinho chegou à NBA em 2015, dois anos depois do francês Rudy Gobert. Juntos no Utah Jazz. Os dois passaram por um processo de adaptação para estrangeiros e criaram uma amizade, tanto é que o europeu chegou a vir para o Brasil para participar de um evento promovido pelo armador.

Diante desse cenário, Raulzinho revelou que ligou para Gobert e outros ex-companheiros de Utah Jazz para perguntar como estão. O francês foi muito criticado por desdenhar do coronavírus em uma coletiva na última semana. Dois depois, ele testou positivo para a doença.

“É uma situação complicada, uma situação muito chata, mas serve para o mundo saber que é real e preocupante. O Rudy (Gobert), por exemplo, se desculpou publicamente de não ter levado a sério no começo, de ter feito algumas brincadeiras. Não só ele fez, mas outros jogadores. Só que ele foi contaminado e o mundo caiu em cima dele. Ele está bem, está tomando as precauções que os médicos mandaram”, disse.

Mais em Basquete