Siga o OTD

NBB franca bauru cropped

Basquete

Com Pedrocão vazio, Franca vence clássico contra Bauru no NBB

Devido ao surto de coronavírus, jogo teve portões fechados, mas mesmo sem apoio da torcida, time da casa venceu e segue na vice-liderança

Créditos: Marcos Limonti/Franca

Com Pedrocão vazio, Franca vence clássico contra Bauru no NBB

É raro ver o Pedrocão vazio, mas o Franca fez bonito, mesmo sem o calor da torcida, e venceu o Bauru por 81 a 79 na noite desta sexta-feira (13) pelo Novo Basquete Brasil (NBB). Devido a pandemia de coronavírus, o clássico aconteceu de portões fechados.

O time bauruense teve esboçou uma reação no último quarto e ficou a apenas três pontos da vitória. A diferença, que chegou à casa dos 20 pontos, foi tirada nos minutos finais de jogo – principalmente com Wiggins, Larry e Crescenzi.

Bom resultado para o Franca, que segue na vice-liderança, péssimo para o Bauru, que coleciona a quarta derrota seguida e segue em 12º na tabela.

Pela terceira vez seguida, o pivô Hettsheimeir foi o cestinha da partida com 21 pontos. Já pelo Dragão, o ala Nick Wiggins marcou 16 pontos.

O JOGO

Franca começou abrindo oito pontos de vantagem, mas Gabriel Jaú abriu para o lado do Bauru com uma cesta de três pontos. Com Kevin Crescenzi, o Dragão diminuiu a diferença para 4 pontos – 12 a 8. Mas com uma boa defesa, os francanos fecharam à frente com 26 a 16. 

No segundo período, o França avançou ainda mais, sem desperdiçar nenhuma chance no ataque ampliando o placar para 31 a 16.

Apesar da vantagem francana, o time de Bauru iniciou uma forte defesa. Até o intervalo, o placar continuava a marcar os dez pontos de diferença, mas a parcial ficou empatada desta vez em 16 pontos para cada lado – 42 a 32. 

Na volta do vestiário, Lucas Faggiano puxou os pontos bauruenses, mas a defesa francana voltou a se encaixar e os rivais avançaram a diferença. Draper estava atento embaixo do garrafão e ajudou o Dragão a ficar à frente na parcial – 73 a 56. Na metade do quarto, o time bauruense teve uma recuperação incrível comandada por Wiggins, Larry e Crescenzi e, por pouco, não conseguiu a vitória.

+INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

Para o técnico Demétrius Ferracciú, esse jogo foi uma questão de acreditar. “Estávamos vindo de resultados negativos e esse jogo recuperamos uma mentalidade de acreditar no resultado até o fim. E isso já é uma mentalidade de playoff. Mostra o potencial que a equipe tem quando acredita e que as coisas fluem. É assim que precisamos entrar nos próximos duelos”, fala. 

Os dois times voltam a jogar na próxima quarta-feira. O Franca visita o São José, às 20h, em São José dos Campos. Já o Bauru vai até Mogi das Cruzes encarar o time da casa, às 21h.

Mais em Basquete