Siga o OTD

atletismo brasileiro ranking olímpico

Atletismo

Ranking olímpico aponta 17 brasileiros entre os Top 20

Lista atualizada da World Athletics foi fechada no último dia 31 de dezembro e conta com nove homens e oito mulheres entre os 20 primeiros colocados

Atletismo do Brasil terminou o ano de 2020 com vários atletas bem colocados no ranking olímpico (Montagem/CBAt)

Ranking olímpico aponta 17 brasileiros entre os Top 20

Mesmo em um ano totalmente fora dos padrões, em razão da pandemia do coronavírus, o atletismo brasileiro não tem muito do que reclamar de 2020. Ao menos em relação ao resultado do último ranking olímpico da World Athletics (Federação Internacional de Atletismo). A lista atualizada em 31 de dezembro de 2020 aponta 17 brasileiros entre os Top 20 de suas respectivas provas.

De acordo com o divulgado pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo), em um recorte ainda mais amplo, são 61 atletas do país entre 50 melhores do ranking olímpico. A lista conta com até três representantes por país em cada prova individual. São 38 no masculino e 23 no feminino.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Em relação ao Top 20, são nove homens e oito mulheres. Os destaques são o paulistano Felipe Vinícius dos Santos (AABLU), 4º lugar do mundo no decatlo, e a pernambucana Érica Sena (Pinheiros), 10ª colocada nos 20 km marcha atlética.

+ Sonho olímpico alimenta Felipe Bardi no início da temporada

Com 8.364 pontos, resultado obtido no Troféu Brasil realizado em dezembro, em São Paulo, Felipe obteve índice olímpico para os Jogos de Tóquio-2020. Já Érica, também qualificada para a Olimpíada, conseguiu a marca de 1h29min14s em Podebrady, na República Tcheca, no dia 10 de outubro. Esta foi a única competição internacional que ela disputou em 2020, em razão da pandemia.

Saltos e arremessos

No masculino, o ultimo ranking olímpico mostra que Thiago Braz, Alexsandro Melo e Darlan Romani aparecem na 7ª colocação. Campeão olímpico nos Jogos Rio-2016, Thiago fez 5,92 m no salto com vara em Berlim, Alemanha, em 17 de setembro. Já Alexsandro, conhecido como Bolt, saltou 17,10 m para ganhar a medalha de ouro no salto triplo em 2 de fevereiro no Sul-Americano Indoor de Cochabamba, Bolívia. E o multicampeão Darlan obteve a marca de 21,52 m no arremesso do peso no Torneio FPA, disputado no dia 14 de março em Bragança Paulista (SP), antes da declaração de estado de pandemia.

Confira os brasileiros no Top 20 no Ranking Olímpico

Masculino

Felipe dos Santos (4º) – decatlo – 8.364 pontos
Thiago Braz (7º) – salto com vara – 5,82 m
Alexsandro Melo (7º)  – salto triplo – 17,10 m
Darlan Romani (7º) – arremesso do peso – 21,52 m
Alexsandro Melo (11º) – salto em distância – 8,16 m
Lucas Carvalho (12º) – 400 m – 45s53
Lucas Carvalho (14º) – 200 m – 20s40
Thiago Moura (14º) – salto em altura – 2,27 m
Ademir Gomes Junior (15º) – 200 m – 20s41
Felipe Bardi dos Santos (17º) – 100 m – 10s11
Fernando Ferreira (17º) – salto em altura – 2,26 m

Feminino

Érica Sena (4º) – 2 km de marcha atlética – 1h29min14s
Gabriele Sousa Santos (12º) – salto triplo – 14,17 m
Fernanda Borges (13º) – disco – 62,37 m
Laila Ferrer (16º) – dardo – 61,87 m
Ana Carolina Azevedo (17º) – 200 m – 23s01
Andressa de Morais (19º) – disco – 60,84 m
Vitoria Rosa (20º) – 200 m – 23s06
Jucilene Sales de Lima (20º) – dardo – 60,89 m

Mais em Atletismo