Siga o OTD

Vôlei

“Foi uma partida lamentável”, diz Renan após derrota na semi

Divulgação/FIVB

Brasil e Rússia é um dos maiores clássicos do vôlei mundial. Já fizeram final olímpica, final de Campeonato Mundial, várias finais da Liga, sempre com muito equilíbrio. Mas, o que se viu neste sábado, foi um domínio total dos russos na semifinal da Liga das Nações, na França, saindo com um 3 a 0 em que a seleção não marcou 20 pontos em nenhum dos sets. O técnico Renan Dal Zotto saiu ciente da atuação da seleção brasileira abaixo da crítica:

“Hoje o jogo não entrou, foi uma partida lamentável, partida ruim, sem menosprezar os russos, que foram fantásticos em todos os fundamentos, até mesmo na defesa, que normalmente é uma deficiência deles. Fizeram tudo perfeito. A preocupação é com a gente, precisamos rever algumas coisas” – disse.

O técnico relembrou que, na última quinta-feira, contra a Sérvia, a seleção conseguiu uma bela vitória por 3 a 0, que classificou a equipe para a semifinal, mas que, neste sábado, o time não teve poder de reação.

” Fizemos um ótimo jogo contra a Sérvia, mas hoje foi tudo ao contrário. Em momento algum conseguimos demonstrar reação. Não podemos tirar o mérito da Rússia, que fez uma partida muito boa, veio crescendo na competição, com quatro jogadores que não estavam nas fases classificatórias. Nós não conseguimos achar as soluções dentro do jogo. Uma partida não pode ser para esquecer, temos que analisar, repensar e recuperar nossa energia” – disse.

Dava para ver que, em quadra, o time tentava vibrar. A cada ponto marcado, e como foi difícil colocar a bola no chão neste sábado, os jogadores gritavam, tentavam se animar, mesmo atrás no placar. Mas, tem dias, que não tem muito jeito, como o próprio treinador assume:

“É para rever várias vezes. Duro é assimilar uma derrota destas, não conseguimos, em momento algum, reverter a situação. Estivemos sempre sobre pressão e não tivemos forças para reagir. É difícil justificar algo. Ficam as lições e uma expectativa de melhora” – disse.

O Brasil jogará pela medalha de bronze neste domingo, às 12 horas, contra os Estados Unidos. Às 15h45, França e Rússia disputam o título.

 

Mais em Vôlei