Siga o OTD

Vôlei

Civitanova bate Cruzeiro e é campeão do mundo

Por 3 sets a 1, Civitanova, de Leal e Bruninho derrota o Cruzeiro na final do Mundial de Clubes

Foto: Divulgação/FIVB

O Sada Cruzeiro voltou a encontrar a equipe italiana do Lube Civitanova no Mundial de Clubes de vôlei masculino, dessa vez na final. Depois da derrota por 3 a 0 na segunda rodada da primeira fase, a equipe mineira endureceu, mas caiu por 3 sets a 1, ficando com o vice.

+CONFIRA A TABELA DO MUNDIAL DE CLUBES DE VÔLEI MASCULINO

Jogo de gente grande. Evandro de um lado, Juantorena do outro. Ponto de Leal, ponto de Conte. Levantamento perfeito de Bruninho, resposta de Cachopa. A primeira parcial começou muito equilibrada, com as duas equipes forçando e errando demais no saque. O time italiano abriu uma pequena vantagem com Leal no saque, mas o Cruzeiro buscou o empate em 23 a 23 com Luan sacando demais e quebrando o ritmo do Civitanova. No ponto final, Simon, ex-Cruzeiro, acertou um ace indefensável e fechou em 25 a 23.

O segundo set seguia no mesmo caminho, com a equipe italiana se mantendo à frente. Só que Filipe entrou no lugar de Perrin no meio da parcial, fez um estrago com o saque, o Cruzeiro embalou e o Civitanova parou. Conte ia bem no bloqueio e até Cachopa pegou Leal. Tudo dava certo para o time brasileiro, e tudo dava errado para os italianos. Simon há não virava pelo meio, Leal foi para o banco e Bruninho também. 25 a 19 e jogo empatado.

+ SIGA-NOS EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

A terceira parcial foi a mais disputada e durou 50 minutos. Nenhum time conseguiu abrir vantagem. Conte voava de um lado, Leal do outro. Vários rallys foram disputados. No fim, Leal teve sorte no saque e o Civitanova abriu 2 a 1.

O set anterior tirou o ânimo do time brasileiro, que entrou quase derrotado na última parcial. Sem reagir, o Cruzeiro foi uma presa fácil.

Mais em Vôlei