Siga o OTD

Tênis de Mesa

Meninas atropelam e garantem vaga nas quartas do Pan Juvenil

ULTM

Pelo Pan Juvenil, seleção feminina não dá chances para chilenas e guatemaltecas; Equipe masculina decide a classificação nesta quarta-feira (11)

A Seleção Brasileira feminina estreou com o pé direito no Campeonato Pan-Americano Juvenil de tênis de mesa, nesta terça-feira (10), em Santo Domingo, na República Dominicana. A equipe feminina venceu os dois jogos no grupo 3 da competição e classificou-se para as quartas de final.

Na primeira partida do dia, o Brasil venceu os três jogos contra as chilenas. Bruna Takahashi derrotou Camila Infante, por 3 a 0 (11/2, 11/9 e 11/5); Tamyres Fukase bateu Macarena Montecino, por 3 a 1 (8/11, 11/5, 11/7 e 11/9); e, Fernanda Kodama superou Natalie Ramos, por 3 a 0 (13/11, 11/6 e 11/7).

No desafio seguinte, contra a Guatemala, vitória por 3 a 1. Bruna Takahashi abriu o confronto vencendo Mercedes Mendizabal, por 3 a 0 (11/3, 12/10 e 11/6); Livia Lima derrotou Lucia Cordero, por 3 a 2 (11/5, 7/11, 11/9, 7/11 e 12/10); Tamyres Fukase foi superada por Hidalynn Zapata, por 3 a 1 (7/11, 8/11, 11/8 e 8/11); e, no quarto jogo, Bruna Takahashi retornou à mesa para vencer Lucia Cordero, por 3 a 0 (11/4, 11/5 e 11/8).

“Tivemos uma vitória tranquila contra o Chile. Os jogos contra a Guatemala foram um pouco mais difíceis. A Lívia venceu uma partida muito equilibrada e a Tamyres perdeu um jogo onde brigou bastante, mas a adversária jogou muito bem e não cometeu erros nos momentos decisivos. A Bruna mostrou toda a sua superioridade. Esteve muito focada em todas as partidas e traz uma tranquilidade enorme para toda a equipe”, analisou o técnico Nelson Fukuoka.

Meninos ainda buscam classificação

A equipe masculina não teve tanta facilidade na estreia. O time venceu a República Dominicana e perdeu para o Canadá, dependendo assim de uma vitória nesta quarta-feira (11), às 10h (de Brasília), contra Aruba, para seguir no torneio.

No primeiro confronto contra os donos da casa, Guilherme Teodoro superou Noel Almonte, por 3 a 0 (11/4, 13/11 e 11/7). Eduardo Tomoike venceu Mariano Lockward, por 3 a 1 (11/4, 6/11, 14/12 e 11/6). Sergio Bignardi chegou a vencer o primeiro set, mas acabou batido por Pedro Cabrera, por 3 a 1 (11/9, 6/11, 8/11 e 8/11). Guilherme Teodoro voltou à mesa contra Mariano Lockward para fechar o confronto, com um 3 a 0 (13/11, 13/11 e 11/7).

Contra os canadenses, o time não conseguiu sucesso. No primeiro jogo, derrota de Eduardo Tomoike para Jeremy Hazin, por 3 a 1 (5/11, 11/8, 4/11 e 7/11). Na segunda partida, a reação, com ótima vitória de Guilherme Teodoro sobre Terence Yeung (11/9, 11/3 e 11/9). Nova derrota na terceira partida, desta vez com Enzo Nakashima, batido por Edward Ly: 3 a 1 (12/10, 6/11, 6/11 e 7/11). Guilherme Teodoro voltou para enfrentar Jeremy Hazin e acabou superado, em partida muito equilibrada, por 3 a 2 (11/3, 8/11, 11/8, 7/11 e 14/12).

 

Mais em Tênis de Mesa