Siga o OTD

Natação

André Brasil volta a competir nove meses após cirurgia

Em entrevista exclusiva ao Olimpíada Todo Dia, André Brasil falou sobre a recuperação da cirurgia no ombro esquerdo, as principais competições de 2019 e muito mais. Confira!

Foram quase 300 dias afastado daquilo que mais ama fazer, mas isso mudará neste final de semana. Recuperado de uma cirurgia no ombro esquerdo, André Brasil voltará a competir na Etapa Regional de São Paulo do Circuito de Atletismo e Natação.

O Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, que recebeu o nadador durante todo seu processo de recuperação, será o palco desse retorno tão especial. Os atletas que alcançarem os índices estabelecidos pelo departamento técnico do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) garantem participação nas etapas nacionais do Circuito.

Este, entretanto, será apenas mais um degrau na caminhada de André, que pensa nos grandes eventos da temporada 2019.

“Eu tenho até abril, que é nossa seletiva para o Campeonato Mundial, um percurso importante. Correndo contra o tempo, mas acho que como eu sempre coloquei na vida: diversão com responsabilidade, sem projetar tanta coisa”, considerou o nadador em entrevista exclusiva ao Olimpíada Todo Dia.

O Mundial acontecerá entre os meses de julho e agosto. Os índices mínimos para a entrada na competição já foram definidos, e poderão ser buscados até o dia 11 de maio. Mas André mantém o pensamento ainda mais à frente.

“Se o Mundial for um primeiro degrau para que depois venha um Pan-Americano e para daqui a um ano e meio eu esteja 100% apto a brigar por um resultado, lá estarei eu, em Tóquio, se Deus quiser e assim eu espero”, afirmou.

André Brasil

Divulgação/www.andrebrasil.com

Dono de 14 medalhas em Paralimpíadas e consciente de que a caminhada até Tóquio 2020 será longa, André busca não criar muitas expectativas.

“Para quem tem 14 carregando nas costas, para quem já ultrapassou o amigo e ídolo do esporte, o Clodoaldo Silva, o cara não espera muita coisa não. Eu espero estar lá, eu espero aproveitar e me divertir, mas também fazer o meu trabalho. É o que eu sempre fiz. Depois que acabar eu quero sentar com o meu filho, com a minha família, tomar uma cerveja, um vinho e comemorar tudo aquilo que foi feito. Eu sou humano, não sou máquina”, idealizou.

 

A lesão

A cirurgia no ombro esquerdo de André foi realizada no dia 3 de maio de 2018, e foi mais complexa do que todos poderiam prever.

André Brasil

Reprodução/Instagram

“Eu tive tudo o que você possa imaginar dentro de uma articulação tão pequena, mas tão importante para a gente. Eu tive ruptura parcial de cápsula, ligamento, musculatura como um todo. Diferente de uma prótese, eu tenho praticamente uma articulação inteira nova”, contou André.

“E assim como uma criança que começa a engatinhar, eu ia ter que reaprender a mexer meu braço, reaprender a movimentar meu braço, me reeducar quanto àquilo que eu fazia dentro da água, trabalhar outras musculaturas. Reorganizar tudo isso e deixar a cabeça preparada para o que vem pela frente”, completou.

Emocionado, André relembrou um episódio que aconteceu sete meses após a cirurgia. O Doutor Breno Schor, do Comitê Olímpico do Brasil (COB), disse que inicialmente ficaria feliz em vê-lo apenas esticar o braço, dando dimensão à gravidade da lesão tratada anteriormente.

Porém, a maior motivação de André Brasil durante o período de recuperação tem nome: Leonardo. “Eu tenho um menino de seis anos de idade que eu ainda quero levar até Tóquio, que eu ainda quero que daqui a alguns anos ele ainda tenha uma boa lembrança do que o papai fez”, disse.

Sonhos

Sem vínculo com clubes, André Brasil idealiza um futuro com mais interação entre o esporte olímpico e paralímpico, lembrando sempre de suas próprias experiências na longa e vitoriosa carreira.

“Eu gostaria de ver os clubes do esporte convencional abraçarem a causa, abraçarem uma pessoa com deficiência. Dar uma oportunidade para que essas pessoas estejam vivenciando o dia a dia de grandes referências do esporte. Gostaria que existisse uma troca maior”, afirmou.

“As pessoas com deficiência não precisam de ajuda, elas precisam de oportunidade”, finalizou o nadador.

AGENDA DO DIA

dez 13 00:40 World Tour Finals do tênis de mesa Hugo Calderano (BRA) 4 Jun Mizutani (JAP) 1 dez 13 02:30 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo B Egito 4 Espanha 18 dez 13 02:30 Mundial de handebol feminino - Disputa do sétimo lugar Alemanha 24 Suécia 35 dez 13 03:50 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo B Rússia 10 Canadá 12 dez 13 05:30 Mundial de handebol feminino - Semifinal Rússia 32 Holanda 33 dez 13 06:00 Etapa de Saint-Maur da Copa do Mundo de florete feminino Grupo 2 4V-2D / classificada Bia Bulcão (BRA) dez 13 06:00 Etapa de Saint-Maur da Copa do Mundo de florete feminino Grupo 6 2V-4D / classificada Gabriela Cecchini (BRA) dez 13 06:55 International Challenge da Itália de badminton Daniel Nikolov (BUL) 1 Ygor Coelho (BRA) 2 dez 13 07:30 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo D Nova Zelândia 5 Grécia 14 dez 13 08:00 Campeonato Brasileiro de tênis de mesa Individual Olímpico (super pré-mirim, infantil e juventude) e paralímpico (todas as classes) dez 13 08:30 Mundial de handebol feminino - Semifinal Noruega 22 Espanha 28 dez 13 08:50 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo C Montenegro 42 Kuwait 7 dez 13 10:06 Etapa da Cidade do Cabo da Série Mundial de rugby sevens feminino Canadá 32 Brasil 0 dez 13 10:10 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo C Irã 4 Estados Unidos 27 dez 13 11:05 Etapa de Saint-Maur da Copa do Mundo de florete feminino Bia Bulcão (BRA) 12 (eliminada) Coralie Brot (FRA) 15 dez 13 11:30 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo D Brasil 23 Uzbequistão 6 dez 13 12:25 Etapa de Saint-Maur da Copa do Mundo de florete feminino Gabriela Cecchini (BRA) 12 (eliminada) Maeva Rancurel (FRA) 15 dez 13 12:50 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo A China 13 África do Sul 12 dez 13 13:30 International Challenge da Itália de badminton Luís Enrique Peñalver (ESP) 0 Ygor Coelho (BRA) 2 dez 13 14:10 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo A Sérvia 12 Japão 7 dez 13 16:00 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Semifinal Ferroviária 1 São Paulo 6 dez 13 17:30 Torneio Nike Friendlies Sub-20 de futebol feminino Estados Unidos 0 Brasil 0 dez 13 18:00 Superliga de vôlei feminino - Primeira Fase Dentil Praia Clube Sesi Vôlei Bauru dez 13 19:00 Superliga de vôlei feminino - Primeira Fase Flamengo Osasco Audax dez 13 19:00 Superliga de vôlei feminino - Primeira Fase Pinheiros Curitiba Vôlei dez 13 19:00 Campeonato Paulista de basquete feminino - Final Vera Cruz Campinas 70 Ituano 69 dez 13 19:30 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Semifinal Santos 1 Vitória 0 dez 13 21:00 NBA Orlando Magic Houston Rockets dez 13 21:00 NBA Philadelphia 76ers New Orleans Pelicans dez 13 21:10 NBB Basquete Rio Claro Franca Basquete dez 13 21:30 Superliga de vôlei masculino - Primeira Fase EMS Taubaté Funvic Minas Tênis Clube dez 13 21:30 Liga Sul-Americana de Basquete masculino - Final Corinthians Botafogo dez 13 22:00 NBA Chicago Bulls Charlotte Hornets dez 13 22:00 NBA Memphis Grizzlies Milwaukee Bucks dez 13 23:00 World Masters de Judô 78kg Mayra Aguiar (BRA) dez 13 23:00 World Masters de Judô Acima de 78Kg Beatriz Souza (BRA) dez 13 23:00 World Masters de Judô Acima de 78Kg Maria Suelen Altheman (BRA) dez 13 23:00 World Masters de Judô 90kg Rafael Macedo (BRA) dez 13 23:00 World Masters de Judô 100kg Leonardo Gonçalves (BRA) dez 13 23:00 World Masters de Judô 100kg Rafael Buzacarini (BRA) dez 13 23:00 World Masters de Judô Acima de 100kg David Moura (BRA) dez 13 23:00 World Masters de Judô Acima de 100kg Rafael Silva (BRA)

Mais em Natação