Siga o OTD

Maratona Aquática

Na despedida de Poliana, Brasil fatura Rei e Rainha do Mar

Divulgação

Com emoção na despedida de Poliana e sprint final de Ana Marcela, equipe brasileira vence Rei e Rainha do Mar.

A manhã deste domingo (10) foi repleta de emoção na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. Muito por causa do Desafio Rei e Rainha do Mar, que foi disputado até os últimos metros, mas também pela despedida das provas da maratonista brasileira Poliana Okimoto, multicampeã e, recentemente, medalhista de bronze na Rio-2016. No final, alegria para a torcida brasileira, já que a equipe nacional, formada pela própria Poliana, Ana Marcela Cunha, Fernando Ponte e Allan do Carmo conseguiu a vitória.

A prova

Diferentemente do que se viu nos últimos anos, nesta edição não foram duplas que competir no Rei e Rainha do Mar, mas sim quartetos. O Brasil esteve representado por duas duplas. O time amarelo foi o vencedor, mencionado acima. Já o verde teve Betina Lorscheitter, Viviane Jungblut, Leonardo de Deus e Guilherme Costa. As outras equipes desafiantes foram uma seleção da África, uma das Américas e uma da Europa. Cada um dos 4 atletas, nadou 350 metros e correu um pequeno pedaço na areia.

Durante a disputa, as equipes brasileiras brigavam pela liderança com a europeia. Até em certo momento, a africana chegou a aparecer em segundo, mas logo ficou para trás. Na última volta, coube a Ana Marcela a responsabilidade de finalizar a prova. Em ótima fase, ela conquistou a vitória no sprint final, deixando Betina Lorscheitter, do Brasil 2, em segundo e Esmee Vermeulen, que representava a Europa em terceiro. Completando a classificação, a equipe africana ficou em 4º e a das Américas em 5º.

Emoção

Após a chegada, Ana Marcela foi, diretamente, abraçar Poliana, que estava feliz e emocionada. Em sua carreira, conquistou diversos títulos e foi pioneira na natação brasileira de águas abertas. Em seu instagram, ela contou um pouco de sua trajetória, repleta de conquistas, e falou dos motivos, pelos quais se aposenta:

Para tudo existe um Começo, meio, e fim. Todo atleta chega neste momento que vivo hoje, alguns tardiamente e se sentindo realizados, outros nem tanto, mas o que é certo é que todo atleta profissional, um dia se aposenta. Estou me “aposentando” das provas oficiais, e Seleção Brasileira, mas não estou deixando o esporte. Vai ser difícil me tirar da água, pq amo o que faço, vou continuar treinando, posso estar saindo das provas profissionais, mas vou iniciar nas provas amadoras 🤗. Estou feliz com esse momento, pois tenho certeza que cumpri minha missão. Abri portas para a nova geração e abri portas para minha modalidade. Qdo ganhei as primeiras medalhas em campeonatos mundiais, ninguém sabia o que era maratonas aquáticas. E hoje depois de 10 anos daquelas medalhas históricas pro Brasil, o país passou a conhecer as Maratonas Aquáticas e melhor, passou a praticar essa modalidade que tanto amo. Hoje em dia, todo fim de semana tem uma prova de águas abertas pelo brasil. Me sinto feliz em honrada em ter levantado a bandeira do pioneirismo na minha carreira, ganhei 6 medalhas em Campeonatos Mundiais, fui campeã mundial na prova olímpica dos 10km. Fui 2x Vice Campeã Pan-americana, Campeã do Circuito Mundial, com recorde de vitórias e para consagrar minha carreira, fui Medalhista Olímpica dentro de casa, com minha família, amigos e nossa torcida lá em Copacabana, torcendo e me apoiando. Minha gratidão por todos vocês que torceram por mim e me acompanharam nessa trajetória é imensa. Peço que não fiquem chateados, pois estou feliz, me sinto plena e realizada no meu lado profissional, ja no lado pessoal… quero viver um pouco, quero ser mãe, quero poder dar atenção para minha família e quero ter um tempo pra mim. Agradeço tbm a todos os clubes que passei, a todos os técnicos que me treinaram, a todos os patrocinadores que me apoiaram, a todas as adversárias que me tiraram da zona de conforto, e principalmente a minha família que esteve comigo em todos os altos e baixos da minha carreia.Obrigada a família natação, onde descobri que mesmo no meio de tanta competitividade ainda podemos encontrar amigos. Obrigada Brasil, nos vemos em breve 😘😘😘 #despedidadapoli #obrigada

Uma publicação compartilhada por Poliana Okimoto (@polianaokimoto) em

Mais em Maratona Aquática