Siga o OTD

Handebol

Concórdia vence o São Bernardo e é campeão da Liga Nacional

Concórdia vence o São Bernardo por 15 a 14 e conquista o bicampeonato da Liga Nacional de Handebol.

Neste domingo (19), São Bernardo/Unip e UnC/Concórdia (SC) disputaram a final da Liga Nacional de Handebol Feminino no ginásio Vitório Zanon, no ABC Paulista. O jogo, repleto de emoção, foi vencido pela equipe catarinense pelo placar de 15 a 14. Assim, Concórdia conquistou seu segundo título do torneio – o outro foi em 2013 também sobre São Bernardo.

O jogo foi bem apertado, mas não foi assim no começo. O Concórdia chegou a abrir cinco gols de vantagem no primeiro tempo, mas viu as donas da casa encostarem antes da metade: 8 a 7. Depois da volta do intervalo, o equilíbrio prevaleceu. Era gol de um lado e resposta do outro. O São Bernardo passou à frente no meio do segundo tempo, mas logo a equipe catarinense tratou de retomar a liderança. Com poucos minutos o fim, o jogo se alternava entre vitória do Concórdia e empate. Nos segundos finais, as visitantes se defenderam bem e, assim, puderam garantir a vitória e o segundo título nacional do time.

Com a vitória, o Concórdia chega a duas conquistas em cinco finais na sua história. Já o time do São Bernardo é o maior campeão, tendo faturado o caneco nove vezes em 14 finais. Com o peso do favoritismo nas costas, a goleira Jéssica, do São Bernardo, em entrevista ao Sportv desabafou após o jogo:

“Nós fomos sem responsabilidade hoje. Chegava no ataque e queimava a bola muito rápido. Tivemos umas 15 chances de passar na frente do placar. Não merecemos ganhar hoje. Ganha quem tem responsabilidade tática. Nosso time foi totalmente displicente hoje. Tivemos oportunidade cara a cara e demos arremessos na goleira. Nós nos matamos para defender, e chaga no ataque, queimamos uma bola por irresponsabilidade. Foi irresponsabilidade total da nossa equipe”.

As atletas do Concórdia, por sua vez comemoraram muito o título desta edição de 2017, que conseguiu o feito de, pela primeira vez em sua história, reunir 19 times na disputa.

O terceiro lugar da competição ficou com o Pinheiros, que superou o Blumenau por 23 a 19 na disputa do bronze.

+ VEJA A TABELA COMPLETA COM TODOS OS JOGOS DA LIGA NACIONAL DE HANDEBOL FEMININO DE 2017

Pinheiros fica com o bronze

O EC Pinheiros, campeão da última edição da Liga Nacional Feminina de Handebol, terminou a temporada 2017 na terceira colocação do campeonato, ao derrotar a Abluhand/FURB/FMD Blumenau, por 23 a 19, neste domingo (19), no ginásio Vitório Zanon (Baetão), em São Bernardo do Campo (SP). Ao jogar com agressividade desde o início, o time do técnico Alex Aprile, que contava com duas convocadas para a Seleção Brasileira – a pivô Tamires, e a central Dani Jóia -, logo se impôs na partida e terminou o primeiro tempo com uma boa vantagem de três gols, 10 a 7, com três de Tamires.

No segundo tempo o time catarinense saiu para tentar descontar e, embora o Pinheiros usasse bem os contra-ataques, Blumenau logo empatou e virou em 13 a 12. A partir daí, o jogo ficou equilibrado até os 20 minutos, quando o Pinheiros novamente tomou conta da partida e abriu até fechar em 23 a 19, para conquistar e medalha de bronze na competição. Isabelinha, do Pinheiros, foi a principal goleadora, com seis gols. No lado de Blumenau, quem mais colocou a bola na rede foi Ariane, com cinco.

Para o técnico Alex Aprile, o terceiro lugar foi comemorado, por ser apenas o terceiro ano do time na Liga Nacional “Concórdia mereceu vencer os jogos das semifinais e provou isso ganhando o título hoje. Pelo menos ficamos

Receba novidades do OTD

* = campo obrigatório

powered by MailChimp!

Mais em Handebol