Siga o OTD

Paralimpíada

Federação Paulista e CPB fecham parceria no golfe adaptado

A intenção promover o contato com o esporte, entendê-lo e se iniciar na modalidade, uma das mais praticadas por pessoas com deficiência em todo o mundo.

Divulgação/CPB

A Federação Paulista de Golfe (FPG), única entidade da modalidade no Brasil a ter uma diretoria adjunta de golfe adaptado, e o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) anunciam parceira que permitirá que cadeirantes e amputados, após classificação funcional, tenham aulas de golfe. A intenção é colocá-los em contato com o esporte, entendê-lo e se iniciar na modalidade, uma das mais praticadas por pessoas com deficiência em todo o mundo.

O programa de iniciação ao golfe adaptado consistirá em 12 aulas práticas, a serem realizadas no campo de futebol de 7 do Centro de Treinamento Paralímpico, na Zona Sul de São Paulo, e no Honda Golf Center, o centro esportivo da FPG, ao lado do Aeroporto de Congonhas. O local tem um campo executivo de golfe iluminado e demais instalações para o treinamento do esporte, funciona todos os dias da semana, inclusive à noite. Os treinos no CPB e no Honda Golf Center, para os aprovados, serão realizados conforme disponibilidade de horários.

O projeto será aberto a todos os interessados que se enquadrem nas categorias cadeirantes e andantes (com prótese) e que passarem no processo de classificação funcional que será realizado pelo CPB.

Os interessados deverão mandar e-mail para [email protected], que enviará ao candidato um questionário de pré-avaliação. Caso o candidato seja aprovado nesta pré-seleção, será encaminhado para uma avaliação funcional presencial no CPB. Para o processo de classificação e avaliação, além do conhecimento técnico do CPB, foram usadas informações da European Disabled Golf Association (EDGA).

AGENDA DO DIA

Mais em Paralimpíada