Siga o OTD

Ciclismo de Pista

Ricardo Dalamaria e Wellyda levam ouro no Brasileiro

Ricardo Dalamaria e Wellyda Rodrigues conquistam as medalhas de ouro  no Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Pista

Os principais velocistas do país protagonizaram momentos de muita emoção e adrenalina durante as provas de Velocidade Individual disputadas na manhã deste sábado (02/12) no Velódromo de Indaiatuba. A programação ainda contou com a realização da prova Omnium, que é composta por quatro corridas disputadas em um único dia.

Após disputarem as fases classificatórias na quinta-feira, os velocistas entraram no velódromo com muita disposição para mais um dia de competição. A briga por medalhas da prova masculina ficou entre João Victor, considerado uma grande revelação do Ciclismo de Pista, e os atletas da seleção Kacio Freitas, Flavio Cipriano e Fernando Sikora.

A final foi disputada entre Kacio Freitas, do Team UFF, e João Victor, da Green Piracicaba. Na disputa dos três matchs, Kacio levou a melhor e garantiu a medalha de ouro deixando João com a prata. A decisão do bronze levantou a torcida no confronto entre Fernando Sikora, que garantiu a vitória para o Clube Maringaense de Ciclismo, e Flávio Cipriano, da ECT/Taubaté.

O Clube Maringaense de Ciclismo também dominou a prova feminina conquistando uma dobradinha com as ciclistas Gabriela Yumi e Carolina Borges, primeira e segunda respectivamente. A experiente Sumaia Ali (SMEL Araçatuba) terminou na terceira colocação, vencendo a disputa contra Viviane dos Santos (Memorial/Santos).

“Os resultados que estamos colhendo hoje nas provas de velocidade são frutos de muito trabalho. Passamos o ano inteiro com o objetivo de chegar no Brasileiro e brigar pelas primeiras posições. Esse ano, apesar de estarmos competindo fora de casa, conseguimos manter a hegemonia na maioria das provas, então só tenho que agradecer os nossos atletas pela dedicação”, contou Carlos Martinelli, técnico do Clube Maringaense de Ciclismo.

Emoção em Indaiatuba

No fim da tarde, foram definidos os campeões da prova Omnium. A decisão aconteceu na Prova Por Pontos, que levantou o público presente no evento. O programa de corridas da Omnium contou ainda com a disputa das provas de scratch, tempo race e eliminação.

A corrida feminina teve Wellyda Rodrigues, da Funvic/Brasil Pro Cycling, terminando sua participação com 137 pontos e garantindo a medalha de ouro. Na segunda colocação ficou Thayná Araujo, da MU23/Santos, marcando 127 pontos contra 125 pontos da experiente ciclista Janildes Fernandes, do Clube Fernandes de Ciclismo, que conquistou o bronze.

“Treinei muito para essa prova. A omnium exige muita regularidade, então tentei me defender bem nas três primeiras provas para chegar com tudo na Prova Por Pontos que define a corrida. Estou muito feliz por conquistar a medalha de ouro, ainda mais sendo aqui em Indaiatuba, uma cidade que eu tenho uma grande admiração”, destacou Wellyda.

Para Janildes Fernandes, que coleciona vários títulos Brasileiros, é muito importante essa renovação do ciclismo nacional, dando oportunidade também para as novas atletas estarem mostrando seu potencial.

“Começamos muito bem o Brasileiro com o título da Perseguição Por Equipes na sexta, e hoje voltei ao pódio muito feliz com o terceiro lugar na Omnium. É claro que sempre buscamos a medalha de ouro, mas essa renovação no ciclismo nacional também é importante para o crescimento da modalidade. Chego a ficar emocionada em ver o pelotão feminino crescendo e participando cada vez mais das provas. O Clube Fernandes de Ciclismo agradece a organização pelo grande evento que está sendo realizado e também ao pessoal de Indaiatuba pela ótima receptividade”, destacou Janildes.

No masculino, Ricardo Dalamaria (Clube de Ciclismo So Pedal), de apenas 19 anos, fez uma prova impecável e conquistou o título brasileiro vencendo os principais nomes da modalidade. Ricardo largou a prova por pontos na quinta posição geral da omnium, mas após marcar 89 pontos, comemorou a vitória em grande estilo somando 187 pontos no total.

“É um orgulho muito grande conseguir sair com a medalha de ouro em uma prova tão exigente e que reuniu nomes tão importantes do ciclismo. Larguei com o objetivo de brigar pela medalha de ouro. Mesmo sabendo que não seria fácil decidi arriscar e fazer uma prova agressiva, sem depender da iniciativa dos adversários, então estou saindo satisfeito com meu desempenho”, contou Ricardo Dalamaria.

O segundo lugar foi conquistado por Cristian Egidio (São Francisco Saúde/Ribeirão Preto) que marcou 168 pontos. A briga pela medalha de bronze ficou travada entre os atletas Joel Candido, Glauber Alexandre, Lauro Chaman e Gideoni Monteiro.  A marcação entre os principais nomes foi acirrada, mas Joel Candido (Memorial/Santos) contabilizou 128 pontos e completou o pódio na terceira colocação.

Receba novidades do OTD

* = campo obrigatório

powered by MailChimp!

Mais em Ciclismo de Pista