Siga o OTD

Atletismo

Fabiana Murer e Juliana Campos celebram o salto com vara

Uma na torcida e a outra brigando pelo índice que garante vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio, elas participaram de live promovida pela CBAt

Juliana Campos salto com vara atletismo universíade de napoles fabiana murer live cbat
Juliana Campos na Universíade de Napoles no ano passado (Raul Vasconcelos/ rededoesporte.gov.br)

A campeã mundial Fabiana Murer, o grande nome do salto com vara feminino do País, e Juliana Campos, tricampeã brasileira da especialidade, participaram no início da noite desta quinta-feira (30) de live promovida pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).

Numa conversa informal, elas contaram histórias e celebraram a chamada “família do salto com vara”. “No circuito europeu, tínhamos sempre o mesmo grupo de atletas, muitas vezes a gente almoçava na mesma mesa nos hotéis, fazia amizade. As provas geralmente são bem longas e uma sempre acabava ajudando a outra”, contou Fabiana Murer, dona do único título de campeã mundial ao ar livre do atletismo brasileiro.

Juliana Campos, vista como a substituta da companheira de modalidade, lembrou que a prova realmente propicia o maior contato entre as atletas. “No ano passado minhas varas não chegavam para eu disputar a Universíade de Nápoles, na Itália. Esperei uma semana e precisei pedir vara emprestada para um treinador dos Estados Unidos para poder participar da qualificação. Na final, já pude usar as minhas que chegaram no dia”, comentou a recordista brasileira sub-23, com 4,56 m.

Fabiana Murer salto com vara CBAt
Fabiana Murer (Ministério do Esporte)

Desbravadora e promessa

Fabiana, recordista sul-americana com 4,87 m, tem dezenas de títulos importantes na carreira. Ela foi a desbravadora do saldo com vara no Brasil e lembrou que seu grande objetivo quando começou a treinar era subir ao pódio de um Campeonato Sul-Americano.

“Era o máximo. Depois com o passar do tempo as metas vão ficando cada vez maiores”, disse a campineira de 39 anos, que se aposentou após a Olimpíada do Rio-2016. “Consegui realizar o meu sonho de parar no auge, pois foi em 2016 que conseguiu o melhor resultado de minha vida, com 4,87 m”, afirmou, lembrando na live da CBAt que jantou com o príncipe Albert, depois de uma vitória em Mônaco.

Já Juliana sonhava em ganhar uma medalha no Troféu Brasil e conseguiu o ouro em 2017. “Não esperava a vitória porque tinha boas adversárias. Acabei vencendo com 4,10 m, mesma marca da segunda e da terceira colocadas”, afirmou a paulista de São Caetano do Sul, de 23 anos.

Fora do campo

Casada com o treinador Elson Miranda, Fabiana Murer é mãe de Manuela, de 2 anos, e trabalha como fisioterapeuta no Insport, onde desenvolve o Método Murer de treinamento para corrida.

“Conciliar o esporte com o estudo não foi fácil, mas fundamental para eu ter tranquilidade para competir tendo a certeza de que teria o que fazer quando parasse”, observou a campeã pan-americana do Rio-2007, bicampeã da Liga Diamante e integrante do Programa de Heróis do Atletismo.

Assim como Fabiana, Juliana Campos também completou a faculdade, formada em administração de empresas. “Por enquanto quero investir no esporte e realizar meu sonho de participar de uma olimpíada a curto prazo e de ganhar uma medalha olímpica mais para frente”, comentou a atleta na live da CBAt. Ela começou treinando com Fabiana, sua ídolo, e que até hoje usa as varas cedidas pela campeã mundial indoor de 2010.

Juliana disse que seu objetivo é conseguir o índice no salto com vara (4,70 m) para ir aos Jogos de Tóquio, em 2021, a partir de dezembro quando recomeça a corrida olímpica. Fabiana se colocou a disposição para dar dicas nos treinos da atleta, que já treinou com ela no início da carreira e atualmente tem como técnica a ex-atleta Karla Rosa. “Acredito muito em você como minha sucessora”.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

Duplantis

Para Fabiana, o salto com vara masculino em Tóquio verá o sueco Armand Duplantis, recordista mundial (6,18 m), como um dos grandes favoritos, e o atual campeão olímpico, o brasileiro Thiago Braz, como destaques e uma prova feminina bem emocionante e equilibrada, com várias atletas candidatas ao pódio. “Queremos ver você numa final olímpica Juliana, tem a minha torcida”, afirmou na live da CBAt.

AGENDA DO DIA

ago 14 03:00 CSI2* Riesenbeck Karina Johannpeter (CSI2*) ago 14 04:00 CSI2* Lier André Américo de Miranda (CSIYH1*, CSI2*); Fernando Penteado (CSI2*); Luís Antonio Neves (CSIYH1*, CSI2*); Maria Elisa Gonzaga (CSI1*); Nando de Miranda (CSIYH1*, CSI2*) ago 14 04:00 CSI3* Deauville Ana Elisa Aguiar Ramos (CSI1*); Eduardo de Menezes (CSI3*); Francisco Musa (CSI3*); Marlon Zanotelli (CSI3*); Pedro Muylaert (CSI3*) ago 14 13:00 Amistoso de futebol feminino Hellas Verona Internazionale ago 14 14:00 Open de Loulé de natação 1500 m livre masculino Fernando Ponte ago 14 14:00 Open de Loulé de natação 1500 m livre masculino Alexandre Finco ago 14 14:00 Open de Loulé de natação 1500 m livre masculino Diogo Vilarinho ago 14 14:00 WTA de Lexington Luisa Stefani (BRA)/Hayley Carter (EUA) Anna Blinkova (RUS)/Vera Zvonareva (RUS) ago 14 14:10 Open de Loulé de natação 800 m livre feminino Viviane Jungblut ago 14 14:25 Open de Loulé de natação 50 m costas masculino Guilherme Guido ago 14 14:30 Open de Loulé de natação 200 m borboleta masculino Leonardo Santos ago 14 14:35 Open de Loulé de natação 200 m livre masculino Murilo Sartori ago 14 14:35 Open de Loulé de natação 200 m livre masculino Fernando Scheffer ago 14 14:35 Open de Loulé de natação 200 m livre masculino Breno Correia ago 14 14:40 Etapa de Monaco da Diamond League Salto com vara Thiago Braz ago 14 14:40 Open de Loulé de natação 200 m peito masculino Felipe França ago 14 15:25 Open de Loulé de natação 4 x 200 m livre masculino Brasil ago 14 15:50 Founders Tribute at Longbow – Symetra Tour de golfe Luiza Altmann ago 14 23:00 NBA Philadelphia 76ers Houston Rockets

Mais em Atletismo