Siga o OTD

Vôlei de Praia

Rebecca/Talita e Josi/Carol Goerl fazem final feminina do Top 8

Favoritas, Rebecca/Talita e Josi/Carol Goerl decidem o Top 8 da etapa de Saquarema do Circuito Brasileiro de vôlei de praia

Rebecca/Talita e Josi/Carol Goerl fazem final feminina do Top 8 em Saquarema
(Gaspar Nóbrega/Inovafoto/CBV)

Talita tem 45 títulos em etapas do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia. Rebecca tem 16. E elas têm a chance de aumentar o número de conquistas neste domingo. As duas atletas olímpicas garantiram vaga na final feminina do Top 8 da primeira etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia 2022 e enfrentarão Josi Alves e Carol Goerl pela medalha de ouro na praia de Itaúna, em Saquarema (RJ), às 11h50. A decisão masculina será entre Arthur Mariano/Adrielson e Nico/Samuel.

-Caio Ibelli e Miguel Pupo são eliminados na semi em Pipeline

Além da medalha de ouro, da premiação em dinheiro e de 800 pontos no ranking, a final do Top 8 vale mais um benefício para as duplas: os vencedores de cada etapa Top 8 e seu técnico vão receber da CBV o custeio de passagem, hospedagem, transporte e alimentação para disputar uma etapa do Circuito Mundial como bônus pela performance.

A programação deste domingo em Saquarema começa às 9h40, com a disputa do terceiro lugar masculino, entre Gabriel Zuliani/Mateus Dultra contra João Pedro/Lucas Sampaio. Carol Sallaberry/Nina e Aninha/Karol brigam pelo bronze no feminino.

Helena/Lari e Gustavo/Gui Pacheco são campeões do Aberto em Saquarema

A temporada 2022 do novo Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia já tem seus primeiros campeões. Neste sábado (05.02), Helena e Lari, de 19 anos, e Gustavo e Gui Pacheco, de 20 anos, conquistaram a medalha de ouro do Aberto da primeira etapa, disputada na Praia de Itaúna, em Saquarema (RJ). Além do título e da premiação, as duas duplas ainda garantiram uma vaga no Top 8 da etapa de Itapema (SC), que será disputada de 20 a 24 de abril.

Com um novo formato para a temporada 2022, o Circuito Brasileiro passa a ser dividido em duas competições por etapa. O Aberto reúne as duplas entre o 8º e o 13º lugar no ranking, além de dois convidados e até oito parcerias classificadas pelo qualifying. Já o Top 8 será disputado pelas sete duplas mais bem ranqueadas, além de um convidado especial: o campeão do Aberto anterior, que ganha o wild card como bônus pela performance. O convite é mais um estímulo para a renovação da modalidade, pois todas as duplas podem brigar por uma participação no Circuito Mundial.

“É muita emoção. Antes de entrar em quadra, a gente fez um combinado que ia tentar fingir que não era um Aberto, que não estava passando na TV, que não tinha um monte de gente aqui, porque senão essas coisas vão distraindo. Foi um jogo emocionante, no tie-break, e um prazer. É outra coisa jogar com o público torcendo para a gente. E essa vaga no Top 8 é muito importante para a gente”, comemorou Helena.

“Eu só tenho a agradecer por essa vaga. A gente é uma dupla sub-21, no nosso último ano, e estar nesse lugar é incrível. Eu estou muito feliz, é uma honra”, completou Lari.

A caminhada

Para chegar ao título, Helena e Lari venceram Dani/Kimberly por 2 sets a 1 (20/22, 21/19 e 15/8). Bruna e Renatinha ganharam o bronze feminino. Na disputa masculina, Gui Pacheco e Gustavo superaram Pedro/Vilsomar, também por 2 sets a 1 (22/20, 24/26 e 17/15). João Vitor e Matheus ficaram no terceiro lugar. 

“É uma sensação de trabalho realizado. Desde 2019, quando fui para Maringá, estou batalhando, estou na luta. Acordo cedo, vou dormir tarde, porque tudo na vida é um propósito. E a gente vê que vale a pena. Estamos no sol quente, estamos ralando, mas estamos aí”, disse Gustavo.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Gui, que teve seu nome gritado pelo público durante boa parte da decisão, comemorou o apoio da torcida: “Toda hora que eu ia para o saque, defendia, eles gritavam. Foi uma energia muito boa que jogaram para mim e o Gustavo”.

Com o título em Saquarema, os campeões do Aberto somam 540 pontos no ranking. Os medalhistas de prata ganham 500 pontos, e as duplas que ficaram na terceira posição levam 460 pontos.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Vôlei de Praia