Siga o OTD

Vôlei

Sesc atropela Minas e abre vantagem nas semis da Supeliga

Alaor Filho/Sesc RJ

Pelo segundo jogo das semifinais da Superliga feminina, Sesc bate Minas de forma tranquila e coloca um pé na decisão da competição.

Vantagem carioca. Na noite desta segunda-feira, o Sesc atropelou o Camponesa/Minas por 3 sets a 0, com parciais de 25/16, 25/21 e 25/14. O Troféu Viva Vôlei ficou com Drussyla, do time carioca. Com a vitória, o Sesc abre 2 a 0 nas semifinais e precisa de apenas mais um bom resultado para avançar à final da Superliga feminina.

Após virada sofrida na primeira partida da série, o Sesc veio motivado para o jogo em sua quadra. Com o apoio da torcida, as cariocas cometeram pouco erros perante a um Minas que abusava no desperdício de saque e falhas em bolas defensáveis. Sem se encontrar em quadra, o time mineiro não conseguiu repetir a atuação das duas primeiras parciais do jogo um. De forma tranquila, o Sesc fechou o primeiro set em 25/16.

O início do set seguinte, no entanto, começou mais equilibrado. Após primeiros ponto se alternando a cada jogada, o Minas abriu assumiu a ponta. Após uma sequência de saques errado, contudo, as mineiras assistiram a virada carioca, que contava com um Drussyla inspirada. Na parcial mais apertada, o Sesc cresceu no fim para fechar em 25 a 21.

 

Assim como no set anterior, a terceira e última parcial começou parelha. Os erros do Minas, novamente, custaram caro. Deixando bolas boas passarem, assim como as falhas no saque, as mineiras não se encontraram em quadra. Sentindo o mau momento, não se via mais poder de reação da visitantes que, sofrendo até ponto da líbero Fabi (contabilizado, oficialmente, como erro do Camponesa/Minas), assistiram o atropelo por 11 pontos de diferença.

A ponteira Drussyla se destacou, foi eleita a melhor da partida ficou com o Troféu VivaVôlei Cimed. Ao final do duelo, atacante comentou sobre a vitória contra as mineiras. “Acredito que começamos melhor do que no jogo passado e tanto o nosso passe quanto o bloqueio funcionaram bem na partida. Também cometemos um pequeno número de erros. Marcamos melhor o time delas nesse jogo e no final deu tudo certo. Precisamos manter a nossa confiança e sabemos que essa é uma série muito longa”, disse Drussyla.

A capitã Carol Gattaz diz que o resultado não era o esperado e o time precisa voltar a quadra com outra postura. “Hoje foi o nosso pior jogo da temporada. Precisamos entra em quadra com outra postura. Faltou concentração e o nosso time não conseguiu fazer as jogadas que precisava fazer. Temos que ter cabeça e voltar no sábado para fazer um jogo melhor. Erramos muito e isso não pode acontecer”, avaliou a central minastenista.

O terceiro jogo da série será neste sábado, às 15h, na Jeunesse Arena. Em caso de vitória do Sesc, o time se classificará para a final da Superliga. Já o Minas precisa de uma vitória para seguir sonhando com a decisão.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Vôlei