Siga o OTD

Vôlei GUarulhos e São José - Campeonato Paulista masculino de vôlei

Vôlei

Franco resolve e Guarulhos vence Campinas no 1º jogo da final do Paulista

Oposto faz 36 pontos, Guarulhos vence Campinas por 3 sets a 2 e abre vantagem na final do Paulista masculino de vôlei

(Fotos: Marcelo Pereira/Vôlei Vedacit Guarulhos)

Franco resolve e Guarulhos vence Campinas no 1º jogo da final do Paulista

No primeiro jogo da decisão do Paulista masculino de vôlei de 2021, a estrela de Franco brilhou. Com 36 pontos do oposto, o Guarulhos superou o Campinas por 3 sets a 2, nesta quarta-feira (14), e abriu 1 a 0 na série decisiva. Agora, para ser campeão estadual, a equipe precisa de uma vitória, no jogo ou no golden set, para ser campeão pela primeira vez na história.

O jogo

O começo de jogo foi marcado com os dois times trocando ataques no primeiro terço dos pontos. Após o oitavo, o Campinas cresceu e, com um erro do adversário e um bloqueio, abriu 12 a 8 e forçou a parada. Na volta, o Guarulhos seguiu sofrendo com o volume campineiro e cresceu no placar. 

Mais próximo da reta final, empurrado pela torcida no ginásio, o Guarulhos chegou ao placar. Com uma boa sequência de bloqueios, a equipe cortou a desvantagem para 18 a 16. No momento da definição, a torcida empurrou ainda mais e os donos da casa viraram o marcador para 22 a 21 em um bloqueio. 

Com a igualdade e com as duas equipes não deixando com que a vantagem no placar aparecesse, o limite dos 25 pontos foi superado. Neste momento, Guarulhos e Campinas passaram a trocar pontos e perder o set point. Isso se manteve até que a equipe campineira errou um ataque e a parcial acabou com 38 a 36 para os donos da casa. 

+ Confira a tabela da competição

No segundo set, o Campinas começou com um excelente aproveitamento de contra-ataques e abriu 10 a 7 no marcador. Na sequência, o bloqueio campineiro cresceu, a diferença subiu para 15 a 11 e o duelo parou. 

Na volta para a quadra, foi a vez do Guarulhos crescer e, com um bloqueio em Evandro, empatar a parcial em 17 a 17. Na parte final, o Campinas melhorou, principalmente nos ataques de Adriano, e voltou a abrir, com 22 a 19. No final, com dois aces seguidos de Lucão, os campineiros fizeram 25 a 20 e empataram o jogo em 1 a 1. 

Na terceira parcial, assim como nas duas anteriores, Guarulhos e Campinas trocaram pontos no começo, com vantagem para o time visitante no placar em 12 a 10. Na sequência, com dois erros seguidos dos donos da casa, a diferença subiu para 14 a 11 e o duelo parou. No retorno para a quadra, o ritmo dos visitantes seguiu maior e a vantagem subiu para 17 a 12. 

No momento de definição do set, bastou para o Campinas manter a virada de bola. Desta forma, em um ataque de Canuto, a equipe confirmou a vitória por 25 a 20 e virou a primeira partida da decisão para 2 sets a 1. 

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

O quarto set repeiu os anteriores em partes. A troca de pontos se manteve, contudo, desta vez, o Guarulhos foi quem liderou o placar, com 12 a 9. Na sequência da parcial, o Guarulhos cresceu e passou a frente do marcador, fazendo 18 a 16. No momento de definição, os donos da casa seguiram no mesmo ritmo, a diferença se manteve e, em um ataque do ponteiro Renato, a equipe fechou em 25 a 21, forçando o tie break.

Nele, o Guarulhos começou melhor e abriu 3 a 0 no marcador, forçando o pedido de tempo. Na volta para a quadra, os erros de Campinas se mantiveram e a diferença dobrou, com 9 a 3. Com a grande diferença no marcador, o time visitante passou a jogar ponto a ponto e encostou, com 10 a 8.

No momento de definição, sairia com a vitória quem errasse menos e assim foi com o Guarulhos. Aproveitando de dois erros dos adversários, a equipe colocou a diferença em cinco pontos e fechou o tie break em 15 a 10, abrindo 1 a 0 na findal do Paulista feminino de vôlei.

Formato da competição

O sistema de disputa do Paulista teve as oito equipes em uma chave, com disputa em turno único. As quatro mais bem colocadas passaram às semifinais e os vencedores disputam o título. A partir das semifinais, as partidas foram disputadas em dois jogos e, quando necessário, foi realizado o Golden Set.

Em 2020, o Vôlei Renata entrou para o seleto grupo de campeões paulistas de voleibol masculino da Divisão Especial ao bater o EMS Taubaté Funvic em dois jogos, 3 sets a 2 em Campinas, e 3 sets a 1 na casa do adversário.

Mais em Vôlei