Siga o OTD

Brasil campeão sul-americano de vôlei feminino Itália

Vôlei

Brasil perde para a Colômbia, mas garante o título do Sul-Americano

Mesmo com a derrota por 3 sets a 1, o Brasil ficou com o título do Sul-Americano de vôlei feminino de 2021

CSV

Brasil perde para a Colômbia, mas garante o título do Sul-Americano

Na última partida do Sul-Americano feminino de vôlei de 2021, Brasil e Colômbia fizeram um grande duelo neste domingo (19). No duelo que definiu a competição, as colombinanas, que atuavam em casa, venceram os dois primeiros sets, que as garantiram no Mundial de 2022, as brasileiras venceram o terceiro set, que deu o título da competição, e a partida terminou com vitória colombiana por 3 sets a 1. O triunfo deste domingo foi o primeiro da história do país contra o Brasil em competições deste tipo.

O jogo

O começo de jogo foi marcado com a Colômbia atuando melhor. Com mais estabilidade no passe, as donas da casa abriram 7 a 4 e José Roberto Guimarães parou a partida. Na volta para o duelo, a sequência de erros brasileiros se mantiveram e a diferença subiu para 12 a 5. Com a desvantagem, Roberta e Rosamaria entraram em quadra e, aos poucos, o ritmo foi mudando. 

Conseguindo crescer aos poucos, a seleção brasileira chegou de vez no marcador com um ponto de bloqueio, que deixou a diferença de 17 a 14, e forçou a parada no confronto. No retorno para a quadra, a Colômbia voltou a errar menos, abriu vantagem no placar e fechou a parcial em 25 a 19. 

+ Confira a tabela do Campeonato Sul-Americano de vôlei feminino 2021

No segundo set, Brasil e Colômbia mantiveram a igualdade no início. Contudo, após o primeiro terço da parcial, as donas da casa cresceram e a diferença no marcador apareceu, com 14 a 10. Atrás do placar, as brasileiras voltaram a enfileirar erro atrás de erro e a desvantagem chegou em 17 a 11. 

Com a diferença grande, o Brasil trocou Natália por Ana Cristina e cresceu. Com uma boa sequência de saques e bloqueios, a seleção brasileira cortou a desvantagem para apenas um ponto, com 22 a 21. No momento de definição, as duas seleções passaram a trocar pontos e em um bloqueio em Ana Cristina, as colombianas fizeram 25 a 23 e abriram 2 sets a 0.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Na terceira parcial, já com Natália entre as titulares mais uma vez, o Brasil começou com tudo e fez 6 a 2. Contudo, na sequência, a Colômbia cresceu, encostou ponto a ponto e conseguiu o empate em 9 a 9. Na continuação do duelo, as brasileiras conseguiram se manter na dianteira do placar e chegaram a abrir quatro pontos na reta final, com 21 a 17. Porém, na hora da definição, as brasileiras voltaram a cometer erros e a vantagem caiu para apenas um ponto, com 21 a 20.

Na reta final, a equipe que errou menos conseguiu a vitória. Apesar de ter perdido um set point com Natália sendo bloqueada no 25 a 24, a seleção brasileira foi superior no momento de definição e fez 26 a 24 em um ataque de Gabi. Com a vitória no terceiro set, o Brasil confirmou o título do Sul-Americano de 2021 de vôlei feminino.

No quarto set, colombianas e brasileiras fizeram um começo de parcial equilibrado, com vantagem para as donas da casa em 14 a 13. A troca de pontos e igualdade no marcador seguiu até a reta final. Neste momento, a Colômbia melhorou e chegou a abrir vantagem no marcador. Na frente, as donas da casa aproveitaram todas as oportunidades e confirmaram a vitória por 25 a 23.

Mais em Vôlei