Siga o OTD

Coreia do Sul e Brasil - Liga das Nações feminina

Vôlei

Brasil bate Coreia do Sul e garante classificação antecipada

Brasil tem trabalho, mas vence Coreia e garante vaga antecipada na semifinal da Liga das Nações feminina

(Divulgação/FIVB)

Brasil bate Coreia do Sul e garante classificação antecipada

Abrindo a quinta e última semana da primeira fase da Liga das Nações feminina, o Brasil não teve vida fácil, mas venceu a Coreia do Sul e garantiu a classificação antecipada para a semifinal. Depois de um sufoco no segundo set, a seleção se recuperou e fechou o jogo em 3 sets a 0 (25/18, 25/23 e 25/18).

Fê Garay e Tandara foram as maiores pontuadoras do Brasil, com 13 e 12 pontos, respectivamente. Mas a maior pontuadora foi a coreana Kim Koung, com uma atuação fantástica, principalmente no segundo set, terminando com 17 pontos.

Com o resultado, o Brasil vai a 34 pontos, com 11 vitórias e apenas duas derrotas. Assim, a equipe se mantém na segunda colocação e garante a classificação, já que não pode mais ser ultrapassada pela atual quarta colocada Turquia, com 24 pontos. Isso porque, mesmo que ganhe os próximos três jogos, as turcas não alcançam mais a seleção brasileira, podendo chegar, no máximo, a 33 pontos. Os Estados Unidos são os líderes invictos, com 36 pontos e o Japão é o terceiro colocado, com 27.

+Tabela da Liga das Nações feminina 2021

Além disso, vale lembrar que Brasil e Coreia do Sul irão se enfrentar também nos Jogos Olímpicos de Tóquio, já que ambas estão no Grupo A. Inclusive, a seleção encara as coreanas justamente na estreia da Olimpíada. Por fim, depois da Coreia do Sul, o Brasil encerra a primeira fase da Liga das Nações encarando a sexta colocada Holanda e a quarta colocada Turquia, ambas as equipes com chances de classificação e precisando, assim, da vitória.

O jogo

Coreia do Sul e Brasil - Liga das Nações feminina
(Divulgação/FIVB)

José Roberto Guimarães manteve a base da seleção, iniciando o jogo com: Carol Gattaz, Macris, Gabi, Tandara, Fê Garay, Ana Beatriz e Camila Brait. A partida, no entanto, começou bastante equilibrado e com muitos rallys desde o primeiro ponto. Aos poucos, o Brasil fez valer o favoritismo e passou a abrir vantagem mais confortável, com Tandara e Bia comandando o ataque. As coreanas tentavam reagir e colar no placar, mas não foi o suficiente e a seleção fechou a parcial, abrindo 1 a 0.

No segundo set, o Brasil começou errando bastante e a Coreia aproveitou para crescer no jogo. A seleção, aos poucos, foi recuperando o ritmo e logo igualou as ações. A partida ficou, então, bastante equilibrada, com as equipes trocandos pontos. Até que o Brasil resolveu se impor de novo, e voltou a abrir vantagem no marcador. Mas, a Coreia não queria saber de desistir e buscou o empate em 21 a 21. Gabi, no entanto, brilhou e comandou o final da parcial, quando a seleção conseguiu passar a frente novamente, chegar ao set point e abrir 2 a 0 depois de um sufoco.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Já no terceiro set, o roteiro foi diferente. O Brasil voltou com tudo para a quadra e tratou logo de abrir vantagem. Mas, novamente, a Coreia reagiu e virou a parcial. Os times passaram, então, a trocar pontos, sem que nenhum deles conseguisse diferença considerável no placar. A seleção brasileira, no entanto, acordou, retomou o ritmo forte, com Tandara, Fê Garay e Adenízia entrando muito bem, abrindo enfim uma vantagem mais confortável e encaminhou a vitória com mais tranquilidade.

TABELA DA SELEÇÃO

Primeira rodada:
25.05 – Brasil 3 x 1 Canadá (23/25, 25/11, 25/09 e 25/14)
26.05 – Brasil 3 x 0 República Dominicana (25/20, 25/13 e 25/17)
27.05 – Brasil 1 x 3 Estados Unidos (17/25, 19/25, 25/23 e 22/25)

Segunda rodada:
31.05 – Brasil 3 x 0 Japão (25/15, 25/19 e 25/21)
01.06 – Brasil 3 x 0 Rússia (25/20, 25/11 e 25/18) 
02.06 – Brasil 3 x 1 Itália (19/25, 25/15, 25/19 e 25/19)

Terceira rodada:
06.06 – Brasil 3 x 0 Sérvia (25/12, 25/14 e 25/13)
07.06 – Brasil 3 x 0 Bélgica (25/18, 25/16 e 25/17)
08.06 – Brasil 2 x 3 China (25/18, 22/25, 20/25, 25/14 e 12/15)

Quarta rodada:
12.06 – Brasil 3 x 0 Polônia (25/22, 25/20 e 25/23)
13.06 – Brasil 3 x 1 Alemanha (22/25, 25/17, 25/21 e 25/22)
14.06 – Brasil 3 x 0 Tailândia (25/11, 25/14 e 25/10)

Quinta rodada:
18.06 – Brasil 3 x 0 Coréia do Sul (25/18, 25/23 e 25/18)
19.06 – Brasil x Holanda – 16h30
20.06 – Brasil x Turquia – 16h

REVEJA: COREIA DO SUL X BRASIL – LIGA DAS NAÇÕES FEMININA

Mais em Vôlei