Siga o OTD

Vôlei

‘Sonho realizado’: Gabi lembra primeiro treino no Vakifbank

Ponteira teve sua primeira experiencia internacional por clubes na carreira na temporada 2019/2020

Na temporada 2019/2020 a ponteira Gabi teve sua primeira experiência internacional. Depois de anos no Brasil, em que defendeu e conquistou títulos por equipes como Sesc e Minas, a atleta rumou para a Turquia e defendeu as cores do Vakifbank. Sobre as impressões, é direta. “Meu primeiro treino foi incrível”.

“Foi um sonho realizado para mim. Foi uma sensação muito boa vir ao VakıfBank, juntar-se a esta grande família, trabalhar com Giovanni (Guidetti) e jogar com atletas incríveis. No primeiro treino pensei: ‘uau, estou aqui! Eu posso fazer isso’. Eu disse que queria me aperfeiçoar com essa equipe todos os dias.”

-Vakifbank anuncia anuncia retorno de multicampeãs

Confira a entrevista de Gabi ao clube:

O mundo inteiro está lutando com a epidemia de coronavírus. Como você avalia o processo em que vivemos?

É um processo difícil para todos entenderem. Passo esse tempo fazendo coisas que não podia fazer na minha vida normal. Eu passo mais tempo comigo mesma. Eu leio livros e cozinho. Fico muito cansada na minha vida normal e penso ‘já vou’ Claro, eu também uso esse tempo para descansar. Eu também ajudo outras pessoas no Brasil. Algumas pessoas têm problemas com o vírus. É hora de ajudar os necessitados agora.

Há algo novo que você aprendeu a fazer em casa durante esse período?

Comecei a meditar. Foi muito difícil no começo porque sou muito ativa. Por esse motivo, a meditação me forçou a ficar calma. Mas tudo ficou muito bem depois que começou. Eu acho que vou continuar meditando depois disso. 

+ Vakifbank anuncia nova gerente

Você já fico em casa como essa durante tanto tempo sua carreira de voleibol?

É a primeira vez na minha carreira que estou em casa há tanto tempo. Às vezes pode ser chato, mas é uma boa oportunidade para aprender coisas novas. Vou tentar desenhar por uma semana. Quando estou entediada, penso: ‘O que posso fazer agora?’ Eu tento experimentar coisas novas toda semana. Não está tudo junto, mas estou tentando coisas novas passo a passo.

Gabi, do Vakifbank, de vôlei feminino medalha olímpica
A temporada em que defendeu o Vakifbank foi a primeira de Gabi na Europa (Divulgação Vakifbank)

A Liga dos Campeões da CEV e a Liga da Turquia foram canceladas. Como você classificaria a temporada?

Como equipe, desenvolvíamos mais a cada dia, toda semana, todo mês. Estávamos muito animadas para terminar a temporada. Éramos uma nova equipe no início da temporada, mas conseguimos fazer o nosso melhor. Podíamos ganhar a Liga dos Campeões e a Liga da Turquia. Lamentamos que a temporada termine assim. Mas sabemos que esta é a decisão certa. Não foi possível continuar jogando. 

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NOINSTAGRAM E NO FACEBOOK

Qual foi o momento mais especial para você no VakıfBank?

Eu acho que é o meu primeiro treino. Porque foi um sonho realizado para mim. Foi uma sensação muito boa vir ao VakıfBank, juntar-se a esta grande família, trabalhar com Giovanni (Guidetti) e jogar com atletas incríveis. No primeiro treino pensei ‘Uau, estou aqui! Eu posso fazer isso”. Quero me aperfeiçoar com esse time todos os dias. Eu disse a todos o quão animado eu estava no meu primeiro dia. 

Você tem três irmãos. Como foi ser a única filha da casa?

É lindo porque eles sempre me protegem. Também é muito difícil, porque não posso lutar contra eles. É difícil para mim lidar com eles. É bom ter três irmãos mais velhos que eu. Eles me ensinaram muito. Comecei a praticar esportes com eles. Eles me ensinaram futebol, tênis e natação. Isso foi muito valioso para minha carreira. O que quer que eles estivessem fazendo, tentei fazer o mesmo. Meus irmãos estão fazendo outras coisas agora. Atualmente, meus dois irmãos mais velhos continuam jogando tênis, embora não sejam profissionais, eles participam de alguns torneios locais em nossa cidade.

Vakifbank, de Gabi, vence o Eczabasi, de Natália, no Campeonato Turco de vôlei feminino
Gabi enfrentou Natália no Campeonato Turco de Vôlei nesta temporada(Twitter/Vakıfbank)

Você jogava tênis e futebol quando era pequena. Você pode descrever esse período?

Eu adorava jogar futebol por causa dos meus irmãos. Joguei tênis graças ao meu pai e mãe, porque eles estavam jogando tênis. Quando comecei a jogar, assisti às partidas de Guga, Federer e Nadal. Sempre admirei Federer. Mesmo se for mais velho, ele pode jogar tênis em alto nível e com a mesma qualidade, é um grande ídolo para mim. Eu queria fazer tudo no esporte como ele, queria jogar com inteligência, fazer coisas que os outros não podem. Graças a Federer, tento levar o que aprendi no tênis para o voleibol. 

Então, por que o nome do seu cachorro é Nadal, Gabi?

Esta é uma história muito engraçada … Eu também amo Nadal. Eu tenho um cachorro da raça Jack Russel. Estava pensando no nome e pensei: ‘tenho que chamá-lo de Federer”, só que parecia estranho chamar ele assim. Nadal parecia tão legal e eu chamei de Nadal.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Vôlei