Siga o OTD

Vôlei

Brasil faz 3 a 0 na Argentina e lidera com folga a Copa do Mundo

Seis vitórias em seis jogos. Com o triunfo sobre a Argentina, Brasil lidera com folga a Copa do Mundo

Divulgação/FIVB

O Brasil segue invicto na Copa do Mundo. Na madrugada de quarta (9), em Hiroshima, no Japão, a seleção masculina enfrentou a Argentina e fez um irretocável 3 a 0, parciais de 25/19, 25/19 e 26 a 24. Essa foi a sexta vitória seguida na competição de vôlei masculino.

O principal pontuador contra os argentinos foi Alan, que somou 15, sendo 12 de ataque, um de bloqueio e dois no saque. Leal teve quase o mesmo desempenho, mas teve um ponto de saque a menos. Thales foi uma tremenda partida, defendeu tudo e colocou com afeto para Bruninho.

Além da vitória contra a Argentina, nas primeiras rodadas, o Brasil já havia derrotado o Canadá, a Austrália, o Egito, a Rússia e o Irã. Com esta campanha, a equipe verde e amarela soma 18 pontos e lidera a tabela entre as 12 seleções participantes.

Na sequência da Copa do Mundo de vôlei masculino, os brasileiros ainda vão enfrentar os Estados Unidos, Tunísia, Polônia, Japão e Itália.

O jogo

8 a 5 em erros. Esse foi o diferencial no primeiro set. A Argentina sabia que precisaria forçar o saque para ter alguma chance contra o Brasil e arriscou. Só que a estratégia deu super errado. O saque não entrava. Thale dava show na recepção e o ataque brasileiro foi virando bola atrás de bola. Alan, de novo, fez grande set e permitiu que Bruninho distribuísse o jogo brasileiro. No fim das contas, o Brasil fez 25 a 19.

O bloqueio brasileiro começou a achar o tempo no segundo set. Então o que já estava difícil para a Argentina, acabou piorando. Os erros no saque continuaram e o ataque não conseguia virar. Marcelo Mendez sacou o levantador titular Sanchez e colocou Giraudo. E o segundo set acabou igual ao primeiro: 25 a 19.

O terceiro set começou bem diferente. A Argentina colocou o saque em quadra e se soltou no ataque, e os brasileiros passaram a errar. A vantagem chegou a ser de 6 a 1. Mendez voltou com Sanchez de levantador e o bloqueio brasileiro sumiu. O Brasil melhorou, mas se manteve atrás no placar até empatar em 15 a 15. O momento argentino tinha passado.

Novamente liderando o placar, o Brasil se impôs e foi controlando a vantagem.A Argentina até teve o set point, mas não soube fechar. No primeiro match point que teve, o Brasil fechou em 26 a 24 e fez 3 a 0.

AGENDA DO DIA

dez 11 03:00 Mundial de handebol feminino - Fase Principal - Grupo 2 Espanha Rússia dez 11 03:00 Mundial de handebol feminino - Fase Principal - Grupo 1 Holanda 40 Coreia do Sul 33 dez 11 06:00 Mundial de handebol feminino - Fase Principal - Grupo 2 Romênia 20 Japão 37 dez 11 06:00 Mundial de handebol feminino - Fase Principal - Grupo 1 Sérvia 26 Dinamarca 26 dez 11 08:00 Campeonato Brasileiro de tênis de mesa Seleções Estaduais Olímpicas e Paralímpicas e Interclubes Olímpico dez 11 08:30 Mundial de handebol feminino - Fase Principal - Grupo 2 Montenegro Suécia dez 11 08:30 Mundial de handebol feminino - Fase Principal - Grupo 1 Noruega Alemanha dez 11 13:30 Euroliga de basquete feminino Fenerbahce (TUR) Lyon Asvel (FRA) dez 11 14:00 Etapa de Pipeline do Mundial de surfe dez 11 16:00 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Grupo C Sao José Grêmio dez 11 16:00 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Grupo B Avaí Internacional dez 11 16:00 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Grupo A Cruzeiro Corinthians dez 11 18:30 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Grupo C São Paulo Vitória dez 11 18:30 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Grupo B Ferroviária Audax dez 11 18:30 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Grupo A Flamengo Santos dez 11 20:00 Superliga de vôlei feminino - Primeira Fase Fluminense Osasco Audax dez 11 20:00 NBB Unifacisa Mogi das Cruzes dez 11 20:30 Torneio Nike Friendlies Sub-20 de futebol feminino Brasil Estados Unidos dez 11 21:00 NBA Cleveland Cavaliers Houston Rockets dez 11 22:00 NBA Chicago Bulls Atlanta Hawks dez 11 23:00 NBA Phoenix Suns Memphis Grizzlies

Mais em Vôlei