Siga o OTD

Vôlei

Cachopa prevê dificuldades, mas acredita no Brasil

Cachopa prevê dificuldades, mas acredita no Brasil

O levantador Fernando Cachopa vem sendo um dos destaques da Seleção Brasileira masculina de vôlei na Liga das Nações. Aos 23 anos, ele está aproveitando a oportunidade de disputar a competição, na qual foi titular da equipe na primeira semana e ainda teve participação decisiva em algumas viradas do Brasil, especialmente, contra a Alemanha.

Faltando pouco para o início da fase final da Liga das Nações, Cachopa analisou o desempenho da seleção até aqui e o que espera do time na sequência do torneio.

“Fomos ajustando muitas coisas nos jogos e nos poucos treinamentos que tínhamos. Agora estamos tendo mais um período para nos preparar fisicamente e taticamente e chegarmos com mais força. Temos que entrar em todas as partidas no nosso nível máximo. Todos os times no circuito são muito fortes e competitivos. Mas estamos motivados para fazer uma linda fase final. Vai ser muito difícil, mas confio no nosso grupo. Vai dar tudo certo”, avaliou.

“Acho que cada partida que tivemos esse ano foi importante e teve uma história diferente. Tenho aproveitado muito cada momento. o grupo todo tem condições de entrar e desempenhar um bom papel. Todos temos muitas qualidades e é isso que faz o nosso grupo forte”, completou o jovem levantador.

Na fase classificatória da Liga das Nações, o Brasil venceu Estados Unidos, Austrália e Polônia na primeira semana. Depois superou Irã, Japão e Argentina. Na terceira, sofreu sua única derrota até o momento, para a Sérvia, e ganhou de China e de Portugal. As equipes da Bulgária, Alemanha e Rússia foram derrotadas na penúltima semana e, na última, a seleção brasileira levou a melhor sobre França, Canadá e Itália.

“Passamos por várias situações difíceis e conseguimos transformar isso em pontos positivos para nós. Cada vez mais estão criando um conjunto forte e crescendo como um todo.Recebo apoio e incentivo de uma maneira geral dentro da seleção, desde a comissão até os atletas. De fora, recebo muito apoio da minha namorada, dos meus familiares e amigos também. Todos têm me ajudado muito”, concluiu Cachopa.

O Brasil segue treinando no Centro de Desenvolvimento do Voleibol, em Saquarema (RJ) e neste sábado, embarca para Chicago, nos Estados Unidos, onde será disputada a fase final da Liga. A estreia acontece na quarta-feira, dia 10, contra a Polônia. No dia 12, será a vez de enfrentar o Irã. No outro grupo, estão França, Rússia e Estados Unidos.

Mais em Vôlei