Siga o OTD

Vela

Retorno às águas de Maritne e Kahena tem golfinhos e peixe-lua

Em live com o OTD direto de Portugal, Kahena Kunze conta como está a volta aos treinos com belas paisagens em Cascais e fala da expectativa de competir novamente

Martine Grael e Kahena Kunze velejando em Cascais (Instagram/kunzeegrael)

As campeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze, da classe 49er FX, finalmente puderam celebrar a volta aos treinos. Integrantes da Missão Europa, a dupla desembarcou em Lisboa no sábado (25) e, após realizar uma série de ajustes no barco, já começou a velejar em Cascais, cidade situada a 25 km da capital de Portugal. Em live com o Olimpíada Todo dia, Kahena contou um pouco sobre a volta nas águas portuguesas, pra lá de paradisíacas, e a expectativa de voltar a competir.

+ Redescobrindo o Brasil: o porta-bandeira portugês na Rio-2016

“Aqui está uma delícia. Cascais é uma cidade muito boa, tem condições boas de vento e onda. E é um lugar maravilhoso. Estamos no quinto dia de velejo aqui e já vimos muitos golfinhos; eles adoram nadar na proa do barco, brincando um com o outro. É lindo. E vimos também um peixe-lua, raríssimo de se ver, a natureza aqui é exuberante,” contou Kahena Kunze.

As campeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze finalmente voltaram a velejar. Na Missão Europa, em Cascais (Portugal) a dupla treina em águas exuberantes
Maior peixe ósseo do mundo, o peixe-lua é comum em águas portuguesas; Martine e Kahena tiveram a sorte de ver um na volta aos treinos (divulgação/oceanário de Lisboa)

A importância do retorno

A volta aos treinos é importante para as campeãs olímpicas. Como competem em um esporte extremamente técnico, ficar longe do barco enquanto concorrentes diretas velejam livremente pelos mares, é bastante prejudicial.

+ Caminho inverso de Cabral: atletas que descobriram Portugal

“A gente precisa estar no barco. Não é uma academia que vai salvar na quarentena. É muito específico. Fizemos questão de vir pra cá pra realmente começar a pegar o ritmo de treinamento. E já estar na Europa e ter condições de ir pra outros países caso tenha um campeonato, vale muito a pena,”avaliou Kahenza Kunze.

Martine Grael invade a live do OTD com a parceira Kahena Kunze (reprodução)

Águas conhecidas que trazem sorte

O famoso verso decassílabo “Por mares nunca dantes navegados”, de “Os Lusíadas”, do português Luís Vaz de Camões, não podem ser proferidos por Martine Grael e Kahena Kunze em Portugal. As duas são velhas conhecidas das águas lusitanas, que costumam lhes trazer sorte.

Em 2019, as duas velejaram no mesmo lugar que estão nesse momento, à época em preparação para os Jogos Pan-Americanos Lima-2019 e para o evento-teste dos Jogos Olímpicos. Em ambas as competições, as brasileiras saíram com a medalha dourada. Além disso, campeonato mundial de 2017 da classe 49erFX, disputado em Matosinho, ao norte de Cascais, as duas ficaram com a prata.

“Portugal é um país que você se sente mais em casa. Eles gostam muito de brasileiros e recebem muito bem. Você está na Europa, mas está um pouquinho em casa. Sempre fomos muito ligados aos portugueses. A gente se entende,”avalia Kahenza Kuze.

Próxima competição

A volta aos treinos na Missão Europa não deixa que principais rivais nos Jogos Olímpicos do Japão de Martine e Kahena abram vantagem na preparação rumo a Tóquio. A dupla deve permanecer em Cascais até setembro, mês que marcará o retorno das campeãs olímpicas e mundiais às competições.

“A gente vai competir na Semana de Vela de Kiel, na Alemanha. Depois, talvez aconteça o Europeu, no fim de setembro e no começo de outubro. E é essa a nossa ideia, a gente veio para cá com o intuito de voltar a competir. Ficar tanto tempo sem participar de uma regata para a gente é a pior coisa,” comentou Kahena Kunze.

Confira a live do OTD com Kahena Kunze na íntegra

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Vela