Siga o OTD

Vela

Martine e Kahena levam ouro no Evento Teste para Tóquio 2020

Onze dias após ouro nos Jogos Pan-Americanos, Martine Grael e Kahena Kunze vencem evento teste das Olimpíadas

(sailing energy/world sailing)

Exatos 11 dias depois de subirem no lugar mais alto do pódio dos Jogos Pan-Americanos de Lima, as campeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze voltaram a levar uma medalha de ouro na classe 49er FX da vela. Agora do outro lado do planeta. As brasileiras venceram na madrugada desta quarta-feira (21) o Evento Teste para Tóquio 202o, disputado em Enoshima, na mesma raia onde será realizada a competição de vela na Olimpíada do ano que vem.

Depois das 12 regatas de classificação, Martine e Kahena entraram na medal race na segunda colocação geral, com 51 pontos perdidos, apenas um a mais do que as britânicas Saskia Tidey e Charlotte Dobson, que eram as líderes até então.

Na regata decisiva, as brasileiras conseguiram ficar a frente das rivais e, com um terceiro lugar, garantiram a medalha de ouro somando 57 pontos perdidos. Já as britânicas ficaram apenas na sexta colocação e acabaram perdendo inclusive a prata. Elas foram ultrapassadas pelas norueguesas que começaram o dia em quarto lugar, venceram a medal race e ficaram com o segundo lugar na classificação geral com os mesmos 62 pontos de Tidey e Dobson, mas tendo a seu favor a vitória na última etapa como critério de desempate.

“Não só corremos esse campeonato super cansadas fisicamente como mentalmente. O que faz cada erro mais difícil de superar. Não descontar uma na outra e concentramos para a próxima regata”, contou Martine Grael, nas redes sociais.

“Na nossa Medal Race, depois de uma largada escapada, voltamos, mantivemos a serenidade e o resultado foi só recuperação! Conseguimos não só uma medalha no evento teste, como a de ouro, que deu um gostinho super especial depois dessa semana tão suada. Contar que ela (Kahena) aguentou bravamente os dias mais duros, mar grande de um final de tufão, dia de 4 regatas de 3 voltas, calor intenso e ainda adaptando ao fuso! Admiração braba, Kahena”, concluiu Martine deixando registrado para Kahena.

Veja a publicação completa abaixo!

 

Ver essa foto no Instagram

 

Super orgulho dessa menina/mulher de coração forte aí! Nao só corremos esse campeonato super cansadas fisicamente como mentalmente, o que faz cada erro mais difícil de superar, não descontar uma na outra e concentrar para a próxima regata. Nossa medal Race, depois de uma largada escapada, voltamos, mantivemos a serenidade e o resultado foi só recuperação! Conseguimos não só uma medalha no evento teste como a de ouro que deu um gostinho super especial depois dessa semana tão suada. Contar que ela aguentou bravamente os dias mais duros, mar grande de um final de tufão, dia de 4 regatas de 3 voltas, calor intenso ainda adaptando ao fuso! Admiração braba @kakunze

Uma publicação compartilhada por Martine Grael e Kahena Kunze (@kunzegrael) em

Mais Brasil em Tóquio

O Brasil competiu neste sábado em mais quatro classes e em três classificou atletas para as medal races. Na Laser, por exemplo, Robert Scheidt passou em décimo com 105 pontos perdidos. O líder tem 60.

Entram na Medal Race somente os dez primeiros após as regatas classificatórias. Ela tem pontuação dobrada, é critério de desempate e não pode ser descartada.

Na 470 feminina Ana Barbachan e Fernanda Oliveira entraram com a sexta colocação somando 18 pontos perdidos a mais do que as líderes. E na Finn, Jorge Zarif entra em oitavo somando 62 pontos perdidos a mais do que o primeiro colocado. Na 470 masculina Gustavo Thiesen e Geison Mendes fecharam na 12ª colocação.

Robert Scheidt comentou seu dia. “O vento estava muito fraco e, infelizmente, não consegui executar bem as largadas, que foram o ponto chave nas duas regatas. Tentei ainda recuperar, mas não tinha muita opção. Com isso, acabei fazendo 18° e 19°. Porém, apesar do dia ruim em termos de resultado, consegui me manter no top 10, caindo de oitavo para décimo lugar. Agora é tentar subir um pouco mais. Pelas minhas contas, dá para chegar até em oitavo. O nível aqui é altíssimo”.

Confira a classificação geral da classe 49er FX:

Pos Regatas Pontos
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 Total Net
1
Martine Grael
Kahena Kunze
5 2 4 5 1 (8) 2 2 8 8 7 7 6 65.00 57.00
2
Helene Næss
Marie Rønningen
3 8 9 1 5 (11) 1 5 11 3 6 8 2 73.00 62.00
3
Saskia Tidey
Charlotte Dobson
1 4 1 2 2 3 5 12 1 (15) 13 6 12 77.00 62.00
4
Alexandra Maloney
Molly Meech
(14) 7 2 3 6 1 4 8 3 5 4 14 10 81.00 67.00
5
Paula Martin
Tamara Dominguez
(24)
UFD
5 6 11 7 13 8 1 5 6 2 4 18 110.00 86.00
6
Tess Lloyd
Jaime Ryan
4 13 8 15 3 19 6 3 (20) 9 8 5 8 121.00 101.00
7
Ida Nielsen
Marie Olsen
7 1 11 7 (17) 12 7 7 2 17 3 10 20 121.00 104.00
8
alexandre desprez
Lili Sebesi
9 6 20 (21) 4 16 18 15 6 7 1 3 4 130.00 109.00
9
Annemiek Bekkering
Annette Duetz
6 16 3 9 14 (17) 14 11 10 1 10 1 14 126.00 109.00
10
Stephanie Roble
Margaret Shea
(24)
DNF
18 13 4 9 2 10 4 12 14 11 12 16 149.00 125.00
11
Victoria Jurczok
Anika Lorenz
2 19 5 6 16 10 (20) 14 13 12 16 2 135.00 115.00
12
Mikaela Wulff
Noora Ruskola
8 3 7 12 (22) 18 21 6 7 11 18 11 144.00 122.00
13
Katie Tingle
Annalise Murphy
(24)
RET
17 14 18 18 4 12 16 4 20 5 16 168.00 144.00
14
Kimberly Lim
Cecilia Low
10 14 (21) 19 11 5 11 10 19 10 21 19 170.00 149.00
15
Enia Nincevic
Mihaela Vitturi
13 (24)
UFD
18 13 15 6 3 20 14 16 12 20 174.00 150.00
16
Isaura Maenhaut
Anouk GEURTS
18 21 16 16 21 (23) 19 9 9 2 17 13 184.00 161.00
17
Chika Hatae
Hiroka Itakura
12 15 15 (23) 8 15 9 13 15 22 19 18 184.00 161.00
18
Alexandra Ten Hove
Mariah Millen
15 12 (23) 10 19 7 17 19 16 19 14 15 186.00 163.00
19
Tanja Frank
Lorena Abicht
17 10 17 14 (24)
DSQ
22 22 18 17 13 9 9 192.00 168.00
20
Julia Gross
Hanna Klinga
(24)
UFD
11 10 17 12 20 15 17 18 18 23 17 202.00 178.00
21
Xuebin Yu
Xian He
16 20 19 8 10 21 16 22 21 4 22 (23) 202.00 179.00
22
Madeleine Zielinska
Krystyna Lastowska
11 9 12 20 20 9 13 (23) 22 23 20 22 204.00 181.00
23
Nichapa Waiwai
kamonchanok Klahan
19 22 22 22 13 14 (23) 21 23 21 15 21 236.00 213.00

 

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Fundador e diretor de conteúdo do Olimpíada Todo Dia

Mais em Vela