Siga o OTD

Tiro Esportivo

Quatro atletas estreiam no Mundial Júnior, mas nenhum avança na abertura da disputa

Caio Almeida, na pistola de ar de 10 m, tem o melhor início, mas também não consegue seguir na disputa

mundial júnior de tiro esportivo lima peru
Equipe brasileira júnior de tiro esportivo (Instagram/cbtebrasil)

A cidade de Lima, no Peru, está recebendo atletas do mundo todo para o Campeonato Mundial Júnior de tiro esportivo. Dos oito atletas brasileiros inscritos na competição, quatro já entraram em ação logo na abertura, que só teve provas qualificatórias, mas nenhum conseguiu avançar.

Apenas os oito melhores em cada uma das provas avançaram para a final. O melhor resultado brasileiro foi o de Caio Almeida, que competiu na pistola de ar de 10 m e foi o 23º colocado. Na carabina de ar de 10, Geovana Meyer foi a 52ª.

O primeiro dia do Mundial Júnior de tiro esportivo teve a qualificatória da pistola de ar de 10 m feminina. Mariana Betoni terminou na 37ª posição, enquanto Sara Laís da Rosa foi a 45ª.

A competição segue até dia 10 de outubro e mais quatro brasileiros ainda vão competir, todos na fossa olímpica: Hussain Daruich, Tarik Darwiche, Haddy Gomes e Igor Mera.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Carabina

Geovana Meyer somou 609.4 pontos em sua prova. O melhor desempenho ficou com a francesa Oceanne Muller, da França, que fez 632.6 e liderou a qualificatória da carabina de ar de 10 m. A oitava e última a atleta a se garantir na final foi Eszler Denes, da Hungria, que marcou 628.6.

A brasileira ficou a 19.2 pontos atrás da classificação.

+ Faltou transparência de Tóquio-2020 sobre casos de Covid-19

Pistola feminina

Duas brasileiras competiram na qualificatória. O melhor desempenho ficou com Mariana Betoni, a 37ª com 553 pontos e nove acerto no meio do alvo. Sara Laís da Rosa foi a 45ª colocada e somou 538 pontos, sendo oito acerto no centro.

Para se ter uma ideia, a primeira classificada foi Camille Jedrzejewski, da França, que anotou 580 pontos, com 18 acertos no meio do alvo.

A oitava e última classificada para a final da pistola de ar de 10 m foi a romena Daria-Olimpia Haristiade, que fez 570 pontos, 17 a mais do que Mariana Betoni e 32 acima de Sara Laís da Rosa.

Pistola masculina

Melhor resultado brasileiro na abertura do Mundial Júnior de tiro esportivo, Caio Almeida fez 567 pontos com 15 acertos no centro do alvo. O desempenho o deixou no 23º lugar. O oitavo e último classificado na pistola de ar de 10 m foi Abdul-Aziz Kurdzi, da Bielorrússia, que fez 576 pontos, nove a mais do que Caio Almeida.

O melhor foi Naveen Naveen, da Índia, que anotou 584 pontos e acertou em cheio incríveis 23 vezes.

Mais em Tiro Esportivo

viagra