Siga o OTD

Tênis de Mesa

Calderano vence, garante medalha e brigará por final na Áustria

Brasileiro passou pelo japonês Koki Niwa e se classificou para semifinal, onde vai enfrentar o chinês Zhao Zihao no competição platinum da temporada

Hugo Calderano bate Koki Niwa, do Japão, pelas quartas de final do Aberto da Áustria de tênis de mesa
arquivo

O brasileiro Hugo Calderano é semifinalista do Aberto da Áustria, a última competição platinum da temporada 2019 do Circuito Mundial de Tênis de Mesa. Na tarde deste sábado (16), em Linz, ele derrotou o japonês Koki Niwa, número 11 do mundo, por 4 a 2 (7/11, 11/9, 11/1, 14/12, 9/11 e 11/8).

Na semifinal, Hugo Calderano encara o chinês Zhao Zihao, 41° do ranking mundial neste domingo, às 7h50 (de Brasília). Se passar, decide o título pouco depois, às 14h, contra o vencedor do confronto entre o alemão Timo Boll (oitavo do mundo) e o chinês Fan Zhendong (primeiro do ranking).

O brasileiro começou bem a partida. Abriu 3 a 0 no placar, mas Niwa passou a explorar todos os erros do adversário e virou para 9 a 3. Calderano ainda reagiu, mas o japonês conseguiu fechar em 11 a 7. No segundo set, o jogo do número 6 do mundo encaixou e ele empatou o confronto.

Com uma atução praticamente perfeita e um adversário pouco inspirado, Calderano fez 11 a 1 no terceiro set. Na quarta parcial, Niwa voltou ao jogo, não se deu por vencido quando o brasileiro já tinha set point a seu favor e levou o confronto para o desempate, perdendo por 14 a 12.

“O quarto set foi muito importante para mim, pois abri 3 a 1. Era um jogo bem complicado, pois ele poderia mudar o confronto”, reconheceu Hugo, após a partida.

+ INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE

Niwa iniciou arrasador no quinto set, abrindo uma larga vantagem de 6 a 0. O brasileiro voltou a acertar, chegou a evitar alguns set points do japonês, mas era tarde. Na sexta parcial, Calderano mostrou todo seu repertório, tanto no ataque quanto defensivamente. Abriu 10 a 4 no placar, Niwa evitou quatro match points, mas não conseguiu frear o brasileiro, que fechou a partida.

+ Calderano revê palco de primeira final europeia no Circuito Mundial

Após o duelo, Calderano também falou sobre o Aberto em Linz de tênis de mesa e o próximo adversário na competição: “Gosto muito de atuar aqui na Áustria. Estou muito ansioso para este confronto. O Zihao vem jogando bem ultimamente. Nunca joguei contra ele, mas acredito que será bem difícil”, projetou.

Mais em Tênis de Mesa