Siga o OTD

Tênis

Brasil encara Bélgica fora de casa no playoff do grupo mundial da Copa Davis

Brasil encara Bélgica fora de casa no playoff do grupo mundial da Copa Davis

Nenhuma competição do mundo do tênis se parece tanto com uma Olimpíada quanto a Copa Davis pelo sabor de defender o país. Cerca de um mês depois do fim dos Jogos do Rio de Janeiro, esse clima está de volta. O Brasil vai enfrentar a Bélgica de sexta a domingo, com transmissão ao vivo do Sportv 3 e do Bandsports, em Oostende, por uma vaga no grupo mundial do ano que vem.

O Brasil esteve pela última vez no Grupo Mundial ano passado, quando perdeu para a Argentina na primeira fase, já a Bélgica não fica fora dele desde 2012. Além de enfrentar tenistas de qualidade, a equipe brasileira precisa quebrar um tabu. A última vitória brasileira seja no grupo mundial ou no playoff como visitante foi contra a Espanha no distante ano de 1999. Por conta disso, o capitão João Zwetch joga o favoritismo para os belgas.

“Vai ser um confronto muito duro e todos os cinco pontos serão definidos em jogos duros. Acho que a Bélgica tem uma pequena vantagem por jogar em casa, nas condições que prefere e com a sua torcida. Mas nós estamos esperando ter nossas chances durante o fim de semana e estamos nos preparando para aproveitá-las quando elas aparecerem”, ressaltou.

A grande força do Brasil, mais uma vez está nas duplas. Recém-campeão do US Open ao lado de Jamie Murray, Bruno Soares vai jogar ao lado de Marcelo Melo e certamente terá favoritismo diante dos belgas Rubens Bemelmans e Joris De Loore.

Mas o que pode fazer a diferença é se Thomaz Bellucci repetir na Bélgica a vitória sobre o mais bem ranqueado tenista adversário, o número 14 do mundo, David Goffin, que ele conseguiu nos Jogos Olímpicos. Foi a melhor partida no torneio do brasileiro, que venceu por 7/6 (12/10) e 6/4 pelas oitavas-de-final, uma rodada antes de pegar o espanhol Rafael Nadal e ser eliminado.

“Acho que não uma vantagem, mas eu me sinto mais confiante para jogar contra David. Ele é um grande jogador nesta superfície e eles estão jogando no melhor piso para eles. Vai ser um jogo muito duro, eles têm a vantagem de jogar em casa e com a torcida. Espero partidas duras contra ambos os jogadores, mas é claro que estou confiante para fazer bons jogos”, afirmou Bellucci.

“No Brasil foi uma partida muito boa e eu consegui vencer, mas de qualquer forma é uma partida diferente. A Copa Davis é muito mental, então espero poder jogar como no jogo anterior”, completou Bellucci.

A disputa começa no sábado com Thiago Monteiro, estreante na Copa Davis, enfrentando Goffin, enquanto Tomás Belucci terá pela frente Steve Darcis. No sábado acontece a disputa de duplas, enquanto no domingo os duelos de simples se invertem. Belucci pega Goffin e Monteiro, Darcis.

 

Mais em Tênis