Siga o OTD

Tênis

Thiago Wild encerra sequência ruim e supera a estreia em Lima

Após três meses sem vitória, Thiago Wild bate o colombiano Nicolas Mejia e estreia com o pé direito no challenger de Lima

Thiago Wild challenger de orlando
(Reprodução/Instagram)

Após uma longa sequência sem vitórias, Thiago Wild começou com o pé direito a sua campanha na chave principal do  challenger de Lima, no Peru. Enfrentando o colombiano Nicolas Mejia, o tenista brasileiro conseguiu uma boa apresentação e a vitória por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 6/4, em 1h38 de partida.

O triunfo na estreia da competição peruana marca o fim de um período de três meses sem vitórias no circuito. Wild tentará agora emendar uma sequência positiva enfrentando o tcheco Vit Kopriva, de 24 anos, atual número 200º do mundo. Vale dizer que o brasileiro aparece na 126º colocação.

+ Marcelo Melo cai na estreia da chave de duplas do ATP de Viena

O primeiro set foi de domínio por parte de Thiago Wild. Com um jogo seguro em seus saques, o tenista soube jogar bem na segunda bola durante toda a parcial, dificultando e muito todos os serviços do seu rival. Dificultou tanto que conseguiu duas quebras, no terceiro e quinto game, abrindo o caminho para vencer o primeiro set.

No segundo set, o tenista brasileiro manteve a estratégia e voltou a incomodar demais o saque do adversário. Novamente, Thiago Wild tanto tentou que conseguiu a quebra no quarto game, abrindo mais uma vez o caminho para a vitória na parcial, fechando o jogo em 2 a 0.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Outro brasileiro que disputa o challenger de Lima é Orlando Luz, que estreia no torneio diante de Juan Manuel Cerundolo nesta terça-feira. O rival argentino é o cabeça de chave número 2 do torneio, porém passou a ser o favorito após a desistência do brasileiro Thiago Monteiro. Já Fernando Romboli disputa a chave de duplas na capital peruana. Formando parceria com o boliviano Federico Zeballos, o brasileiro assume a cabeça de chave número 3 e encara o suíço Luca Castelnuovo e o canadense Alexis Galarneau na estreia.

Mais em Tênis

viagra