Siga o OTD

Thiago Monteiro - Felipe Meligeni - Rafael Matos - Masters 1000 de Roma

Tênis

Monteiro vence estreia no quali do Masters 1000 de Roma; Meligeni e Matos são vice

Monteiro encerra sequência negativa e fica a uma vitória da chave principal do Masters 1000 de Roma

(Instagram/thiagomonteiro94)

Monteiro vence estreia no quali do Masters 1000 de Roma; Meligeni e Matos são vice

O sábado (8) começou com boas notícias para o tênis brasileiro. Na primeira rodada do qualifying do Masters 1000 de Roma, na Itália, Thiago Monteiro encerrou a sequência negativa e venceu a estreia, ficando a uma vitória da chave principal. Em ITFs, Orlando Luz e Gabriel Roveri foram campeões nas duplas e Matheus Pucinelli avançou à final, enquanto Felipe Meligeni e Rafael Matos ficaram com o vice no Challenger de Biella. Confira os detalhes abaixo.

+Luisa Stefani vai à final em Saint-Malo e busca primeiro título da temporada

Thiago Monteiro vence estreia

Na primeira rodada do quali do Masters 1000 de Roma, Thiago Monteiro encarou o cazaque Mikhail Kukushkin, 105º colocado do mundo, e venceu por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7-3) e 7/6 (7-1) em 2h43 de partida. Assim, ele fica a uma vitória de avançar à chave principal do torneio. Para tanto, o brasileiro aguarda o vencedor do duelo entre o estadunidense, Tommy Paul, e o argentino Juan Ignacio Londero.

Caso consiga a classificação, Thiago Monteiro disputará uma chave principal de Masters 1000 pela quinta vez, mas ainda busca sua primeira vitória. Além disso, ele encerrou a sequência negativa de eliminações na estreia nos últimos quatro torneios que competiu. A última vitória foi em março, antes de sofrer uma lesão na panturrilha.

Felipe Meligeni e Rafael Matos são vice-campeões

Na final de duplas do Challenger de Biella, na Itália, não deu para os brasileiros. Felipe Meligeni e Rafael Matos foram derrotados pelos cabeças de chave um, o sueco Andre Goransson e o norte-americano Nathaniel Lammons, por 7/6 (7-3) e 6/3, em 1h20 de partida.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

O vice-campeonato no saibro italiano rende 48 pontos no ranking para os brasileiros, que vivem bons momentos no circuito. Matos entrou no top 100 na última semana e já venceu dois Challengers neste ano ao lado de Orlando Luz, além do ATP 250 de Córdoba com Felipe Meligeni, o maior título da carreira deles até aqui.

Orlando Luz e Gabriel Roveri são campeões; Matheus Pucinelli avança à final

No ITF M15 de Antalya, na Tunísia, Orlando Luz e Gabriel Roveri se sagraram campeões da chave de duplas. Eles venceram os cabeças de chave três, o suíço Sandro Ehrat e o austríaco Alexander Erler, em sets diretos, com parciais de 6/2 e 7/6 (7-2), para garantir o troféu.

Na chave de simples, entretanto, Orlando Luz acabou derrotado na semifinal, depois de furar o quali do torneio. Ele foi superado pelo austríaco Alexander Erler, cabeça de chave número três, com parciais de 7/5 e 7/6 (7-3).

No ITF M15 do Cairo, no Egito, Matheus Pucinelli, de apenas 20 anos, venceu o espanhol Jose Vidal Azorin por 6/4 e 6/. Assim, ele avaçou para a sua terceira final da carreira e da temporada. Agora, ele busca o seu segundo título na carreira. E o adversário será o búlgaro vindo do quali, Simon Ivanov, que venceu cabeça de chave dois na semifinal.

Mais em Tênis