Siga o OTD

Tênis

Monteiro cai de pé em jogo sem quebras pelo Australian Open

Em batalha de quase 3h30 e quatro tie breaks, Thiago Monteiro perde jogo parelho contra 19º do mundo na Austrália

Thiago Monteiro cai no Australian Open
Reprodução/Instagram/arquivo

Thiago Monteiro enfrentou de igual para igual John Isner, dos Estados Unidos, nesta terça (21), pela primeira rodada do Australian Open. Ao fim de quase 3h30 e quatro sets sem quebra de serviço, o brasileiro acabou sucumbindo diante do 19º melhor do mundo no primeiro Grand Slam do ano, deixando a quadra de cabeça erguida.

Ao final do duelo, tanto Thiago Monteiro, número 86 da ATP, quanto John Isner somaram 157 pontos cada na estreia do Australian Open. O brasileiro errou bem menos, foram 20 não forçados contra 35 do adversário. Na rede, Monteiro ganhou 88% dos pontos contra 66%. O tenista dos EUA, porém, sobrou nos winners, com 89 contra 68.

Como era de se esperar, o gigante de 2m08 castigou no saque, colecionando nada menos do que 46 aces. Quando o “torpedo” não resultava no ponto direto, facilitava bastante a sequência, já que a média de velocidade superou os 200 quilômetros por hora contra 181 do brasileiro.

Porém, mesmo sem a mesma potência, Thiago Monteiro foi bem no serviço e, apesar de marcar bem menos pontos diretos, foram 17, conseguiu aproveitamento semelhante ao rival. Foi de 85% com o primeiro contra 82% do rival, e 52% com o segundo contra 61% do tenista dos EUA. Nas duplas faltas, quatro para cada lado.

+ Monteiro confirmado na chave principal do Rio Open

Parcas chances de quebra

No primeiro set apenas um break point, salvo por Thiago Monteiro no oitavo game. Nos outros, exceto em dois, os sacadores se sobressaíram com folgas. Resultado: o primeiro tie break da partida pelo Australian Open, vencido pelo brasileiro por 7/5 no primeiro set point que teve.

Na segunda parcial quem teve a chance de quebra foi Thiago Monteiro, um duplo break point no 5/4 a favor, ou seja, era um duplo set-point. John Isner salvou o primeiro com um ace e, no segundo, deu sorte, porque a passada do brasileiro ficou por centímetros na fita. No tie-break, 7/4 para o jogador dos Estados Unidos.

Thiago Monteiro voltou a ter duas chances de quebra do terceiro set, uma no quinto e outra no oitavo game. Um ace salvou de novo Isner no primeiro e, no segundo, ele também conseguiu evitar a quebra. Como em todo o jogo, o tie break da terceira parcial também foi equilibrado, decidido apenas no 16º ponto (9/7).

+ Siga o perfil oficial do OTD no Twitter

Apesar da virada, Thiago Monteiro permaneceu na quarta parcial focado e lutando pela sobrevivência no Australian Open. Desta vez, não houve uma chance de quebra sequer. O quarto tie break foi ponto a ponto até o 6/5 para Isner no saque de Thiago Monteiro. Curiosamente foi na devolução que o “rei” dos aces fechou o jogo.

Mais em Tênis