Siga o OTD

Lista dos brasileiros classificados para a Olimpíada de Tóquio 2020

Taekwondo

Netinho, Milena e Ícaro disputam Aberto da Bulgária em março

Além dos classificados para Tóquio, Edival Pontes, Milena Titoneli e Ícaro Miguel, Henrique Moura e Alberto Silva disputam o Aberto da Bulgária de taekwondo

Netinho, Milena e Ícaro disputam Aberto da Bulgária em março

Depois de um ano sem competições, Edival Pontes, o Netinho, Milena Titoneli e Ícaro Miguel, os brasileiros do taekwondo classificados para os Jogos Olímpicos, voltam a competir. Eles vão disputar, entre os dias 6 e 8 de março o Aberto da Bulgária. Além deles, Henrique Moura e Alberto Silva estão inscritos na competição.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Neste domingo, Netinho embarca para a Sérvia, onde se junta a Milena Titoneli e Ícaro Miguel para fazer a parte final da preparação. “Eu já estava com saudades de viver a rotina de viagens novamente, e acho que vai ser muito bom, principalmente antes dos Jogos Olímpicos, vou poder me preparar melhor, sentir o clima novamente. Com essa pandemia acabei ficando um ano sem torneios, e agora na Bulgária, vou conseguir ver como está meu desempenho, vou lutar com alguns atletas que também estarão
em Tóquio, e isso vai ser ótimo pra fazer alguns testes, aplicar alguns ajustes que fiz durante esse ano de treinamento, é hora de testar tudo, corrigir os erros e seguir melhorando”, disse Netinho.

+ Todas as notícias do taekwondo no OTD

Depois de competir no Aberto da Bulgária, Netinho parte para os Estados Unidos, onde fará dois períodos de treinamento no Colorado e em Miami. “Vai ser muito bom todo esse período de treinamento, principalmente de poder continuar treinando por lá, depois do Campeonato. Com essa pandemia acredito que vários atletas estão buscando campings, locais pra treinar e acaba que a gente encontra muitos deles, e isso torna um treinamento bacana. Quero aproveitar cada segundo de todos os treinos, para melhorar e evoluir, buscando sempre a minha melhor forma, pensando já nos Jogos de Tóquio”, concluiu.

Mais em Taekwondo