Siga o OTD

Ítalo Ferreira nos Jogos Mundiais de surfe nos jogos olímpicos tóquio 2020 WSL surfe novos esportes jogos olímpicos tóquio-2020

Surfe

Ítalo voa nas ondas de Peniche e vence de novo em Portugal

Ítalo Ferreira “voa” nas ondas de Peniche, crava um 10 na final e vence em Portugal pelo segundo ano seguido

arquivo

Ítalo voa nas ondas de Peniche e vence de novo em Portugal

O brasileiro Ítalo Ferreira conquistou o bicampeonato da Etapa de Peniche, em Portugal, a penúltima da temporada do circuito mundial de surfe. Na final deste sábado (26) contra o sul-afriano Jordy Smith ele cravou uma nota dez logo na primeira onda com um aéreo “full rotation” perfeito (veja abaixo).

Como se fosse pouco, Ítalo Ferreira toma de Gabriel Medina camisa amarela de novo líder do ranking. A última etapa do circuito mundial de surfe será em Pipeline, no Havaí, e os dois brigam pelo título junto com o também brasileiro Filipe Toledo e o mesmo Jordy Smith.

Além do título, os três brasileiros batalham pelas duas vagas que o país tem direito nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Os dois que ficarem na frente do ranking após a etapa havaiana carimbam o passaporte.

Com sobras

A outra nota que entrou no somatório de Ítalo Ferreira na final veio na quinta onda, um 8,43. Na segunda ele já havia marcado um 7,83 e, na sexta, se deu ao luxo de descartar um 7,87. Como só as duas melhores contam, fechou a final com 18,43, a maior pontuação do campeonato.

Precisando de uma combinação para virar a bateria, Jordy Smith não passou de 8,10 na soma de suas duas melhores notas. Para piorar, o sul-africano ainda cometeu uma interferência e perdeu a segunda nota, pontuando apenas com o 6,17 recebido pela segunda onda.

O aéreo “full rotation” da final foi o segundo que levantou a praia de Supertubos neste sábado. Nas quartas de final ele já havia dado um, que valeu 9,67 na vitória sobre o australiano Jack Freestone por 18,40 a 16,87.

Antes de chegar na final, Ítalo Ferreira venceu o compatriota Caio Ibelli na semi por 15,43 a 14,86. Apesar da derrota, o brasileiro saiu com a terceira colocação da etapa de Peniche o que deve garantir sua permanência na elite do surfe no ano que vem, seu grande objetivo neste final de temporada.

Filipe Toledo e Peterson Crisanto foram os outros dois brasileiros que também entraram na água neste sábado e acabaram eliminados nas quartas de final. Filipinho perdeu para o japonês Kanoa Igarashi por 15,24 a 12,26, e Peterson perdeu para Caio Ibelli por 12,86 a 11,83.

+ INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL YOUTUBE

Weston-Webb

No feminino, Tatiana Weston-Webb passou pelas quartas ao vencer a australiana Sally Fitzgibbons por 13,67 a 9,14. Na semi, porém, a brasileira foi derrotada por Caroline Marks, dos Estados Unidos, por 13,16 a 7,70. Também sai em terceiro, mas com muito mais a comemorar.

A etapa de Peniche do circuito mundial de surfe foi retomada neste sábado na fase de quartas de final, após quase uma semana de espera. No domingo (20), Weston-Webb conquistou uma vaga para os Jogos de Tóquio 2020.

Mais em Surfe