Siga o OTD

Surfe

Gabriel Medina vence o Pipe Masters e é bicampeão mundial

Gabriel Medina vence o Pipe Masters e é bicampeão mundial de surfe!

Gabriel Medina/Instagram/Reprodução

O significado de barba, cabelo e bigode foi redefinido nesta segunda-feira (17)! O Brasil faturou no mesmo dia o Billabong Pipe Masters 2018, o título mundial da temporada e a Tríplice Coroa Havaiana. Os dois primeiros foram conquistados pela lenda brasileira Gabriel Medina e o último por Jesse Mendes, que teve a ajuda do campeão. Com isso, o Brasil termina o ano com 9 vitórias de 11 possíveis.Pode-se dizer que está tudo dominado!

As finais do Pipe Masters foram realizadas em um mar clássico. Ondas gigantes para Pipeline e Backdoor. O cenário perfeito para que Gabriel Medina faturasse seu bicampeonato. E mais: sobre seu maior algoz da carreira na final, o australiano Julian Wilson, com direito a notas excelentes no somatório. Destaque também para o veterano Kelly Slater, que aos 46 anos de idade, chegou à semifinal em Pipeline.

+ CONFIRA COMO FICOU A CLASSIFICAÇÃO FINAL DO CT 2018

Show e frieza de Medina no Pipe Masters

Gabriel Medina é frio, calculista e talentoso. Talvez seja o maior atleta brasileiro da atualidade, levando em conta todos os esportes. O jogo mental do garoto é algo fora da curva e ele mostrou isso mais uma vez nesta segunda-feira (17). Medina virou todas as baterias a partir das quartas de final. E mais: pegando ondas na casa do excelente. Conner Coffin, Jordy Smith e Julian Wilson foram as vítimas.

Gabriel Medina campeão mundial e do Pipe Masters 2018. Foto: WSL/Ed Sloane

Sendo assim, o brasileiro conquista seu primeiro Pipe Masters após 2 vices. Porém, a melhor sensação foi sem dúvidas a do bicampeonato mundial. Medina fez o que precisava, que era chegar à final. E afirmou: “Conquistar um Pipe Masters é diferente. Sou brasileiro e estou orgulhoso disso. Quero mais”. Aguardemos as próximas temporadas.

Único 10 do evento

Gabriel Medina conquistou o único 10 do evento nas quartas de final contra o norte-americano Conner Coffin. Confira abaixo:

Jesse Mendes campeão da Tríplice Coroa Havaiana

Jesse Mendes sagrou-se o segundo brasileiro a conquistar a Tríplice Coroa Havaiana – o primeiro havia sido Gabriel Medina em 2015. E foi justamente ele quem ajudou Jesse, tirando o sul-africano Jordy Smith na semifinal. Além dele, Joel Parkinson, que era o outro principal concorrente, também perdeu no round 4.

Jesse Mendes venceu a Tríplice Coroa Havaiana no Pipe Masters 2018. Foto: WSL/Kelly Cestari

Com a 9ª colocação no evento em Pipeline, o vice em Sunset Beach e o 9º em Haleiwa, o brasileiro foi o que mais somou pontos na temporada havaiana e pôde levantar a taça nesta segunda-feira (17). O prêmio é o segundo principal da temporada e, certamente, servirá de motivação para Jesse voltar com força máxima em 2019.

Yago Dora vai até as quartas e se garante no CT 2019

Yago Dora foi o último brasileiro a se garantir no CT 2019. Ele chegou às quartas de final, após vencer a bateria que tinha Julian Wilson no round 4. O catarinense surfou demais durante o Pipe Masters. Confira os melhores momentos da bateria em que Dora teve um 8.20 e um 7.77:

11 etapas e 9 vitórias brasileiras

O ano termina de forma perfeita para o surfe brasileiro. Foram 9 vitórias em 11 etapas do ano. As outras duas foram vencidas por Julian Wilson. No total, Medina ganhou 3, Italo 3, Filipe 2 e Willian Cardoso uma. Nunca um país ganhou tantas etapas em uma só temporada. Recorde histórico.

Baterias – round 4

1: Ryan Callinan (AUS) 7.93 x Jordy Smith (AFS) 11.50 x Conner Coffin (EUA) 9.43
2: Michel Bourez (PYF) 6.57 x Sebastian Zietz (HAV) 11.93Gabriel Medina (BRA) 16.90
3: Yago Dora (BRA) 15.94 x Julian Wilson (AUS) 12.77 x Joel Parkinson (AUS) 7.77
4: Jesse Mendes (BRA) 7.00 x Joan Duru (FRA) 10.80 x Kelly Slater (EUA) 9.20

Quartas de final

1: Jordy Smith (AFS) 13.16 x 6.93 Sebastian Zietz (HAV)
2: Gabriel Medina (BRA) 19.43 x 14.26 Conner Coffin (EUA)
3: Yago Dora (BRA) 10.17 x 15.53 Kelly Slater (EUA)
4: Joan Duru (FRA) 10.07 x 13.50 Julian WIlson (AUS)

Semifinal

1: Jordy Smith (AFS) 15.83 x 16.27 Gabriel Medina (BRA)
2: Kelly Slater (EUA) 11.17  x 14.20 Julian Wilson (AUS)

Final – Pipe Masters 2018

Gabriel Medina (BRA) 18.34 x 16.34 Julian Wilson (AUS)

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Surfe