Siga o OTD

Paralimpíada Todo Dia

Brasil garante três medalhas no primeiro dia do Aberto da França

Já no primeiro dia de disputas do Aberto Paralímpico da França, Brasil garantiu pelo menos três pódios

Sophia Kelmer no Aberto Paralímpico da França de tênis de mesa
Sophia Kelmer (Foto: Fotojump/CBTM)

O Aberto Paralímpico da França de tênis de mesa foi iniciado nesta quinta-feira (05) e com boas notícias para o Brasil. Três brasileiras tiveram um bom desempenho no dia de estreia e já asseguraram uma medalha na competição: Cátia Oliveira na classe 1-2; Sophia Kelmer na 8; e Jennyfer Parinos na 9. Além delas, Joyce Oliveira na classe 4 feminina e Israel Stroh e Paulo Salmin na 7 masculina também se destacaram ao avançarem para a fase eliminatória de suas respectivas categorias.

+ Beth Gomes bate recorde mundial do arremesso de peso

Jennyfer Parinos

O evento na cidade de Saint-Quentin-en-Yvelines tem sido bom para os brasileiros, em especial, para Jennyfer Parinos. A atleta teve uma grande performance neste primeiro dia de competição e terminou a quinta-feira na liderança do grupo único da classe 9.

Jennyfer Parinos, medalhista em Tóquio 2020, é uma das atrações do Aberto Paralímpico de tênis de mesa
Jennyfer Parinos é medalhista paralímpica (Arquivo/Wander Roberto/CPB)

As suas vitórias aconteceram diante da indiana Baby Ravi por 3 sets a 2 (8/11, 11/4, 7/11, 12/10 e 11/7) e da francesa Celine Studer por 3 a 0 (11/2, 11/1 e 11/3). Com a campanha, ela levará, no mínimo, a prata do torneio. A cor da medalha será decidida diante da turca Neslihan Kavas, que também venceu os dois jogos no quadrangular.

Cátia Oliveira

Na classe 1-2 feminina, Cátia Oliveira mostrou o porquê é medalhista paralímpica e foi totalmente dominante no grupo 1. Ela terminou em primeiro lugar do triangular ao passar pela holandesa Femke Cobben por 3 a 0 (11/2, 11/5 e 11/9) e pela alemã Janina Sommer pelo mesmo placar, parciais de 11/3, 11/8 e 11/5.

Classificada para as semifinais, a brasileira já faturou, pelo menos, a medalha de bronze no Aberto Paralímpico de tênis de mesa. No jogo que define uma das finalistas, ela encara a tailandesa Chilchitraryak Bootwansirina.

“Saí com duas vitórias boas, as duas por 3 a 0. Joguei muito bem, encaixei o meu jogo. Amanhã eu atuo contra a tailandesa. Vai ser uma partida dura, mas eu treinei bastante para chegar aqui, conseguir ter os melhores resultados e, se Deus quiser, levar o ouro”, analisou a atleta da classe 1-2.

Cátia Oliveira na Paralimpíada de Tóquio
Cátia Oliveira disputou os Jogos Paralímpicos de Tóquio (Foto: Wander Roberto-CPB)

Sophia Kelmer

Na classe 8 feminina, o Brasil também marcará presença no pódio. Sophia Kelmer brilhou em seu primeiro campeonato fator 40, que envolve os principais torneios paralímpicos da modalidade. Ela terminou na liderança do grupo 1 ao vencer as suas duas partidas.

O primeiro triunfo da jovem mesa-tenista foi diante de uma atleta da casa. E não foi qualquer resultado: ela aplicou uma virada incrível sobre a número 2 do mundo da classe 8, a francesa Thu Kamkasomphou, por 3 a 2 (6/11, 8/11, 12/10, 11/9 e 11/5). Depois, a brasileira superou a britânica Grace Williams por 3 a 0, com parciais de 11/9 11/4 e 11/5.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

“Eu fico muito feliz com tudo que eu venho conquistando, não só com este desempenho. Estou tendo uma evolução muito grande e muito contente com tudo o que está acontecendo. Em relação ao Aberto da França, acredito que eu fui muito bem, fui muito além das expectativas”, enalteceu a brasileira.

Outros três brasileiros avançam de fase

Outros atletas do Brasil também tiveram grande performance no primeiro dia de Aberto Paralímpico da França. Na classe 4 feminina, Joyce Oliveira ficou na segunda colocação do grupo 2 e, com isso, está nas quartas de final (encara a britânica Susan Bailey).

Joyce Oliveira sobe no ranking e Brasil tem 7 atletas no Top 10 (1)
Joyce Oliveira foi ouro no Parapan de Lima-2019 (Arquivo/Douglas Magnus/Exemplus/CPB)

Ela venceu duas partidas por 3 a 0, uma diante da belga Sabine Toussaint (11/3, 11/6 e 11/5) e outra sobre a francesa Flora Vautier (11/5, 11/6 e 11/3). A sua única derrota foi diante da tailandesa Wassana Sringam por 3 a 2 (4/11, 11/4, 11/9, 11/13 e 11/13).

Na classe 7 masculina, Israel Stroh e Paulo Salmin conseguiram vaga para as oitavas de final. Ambos ficaram na vice-liderança de seus respectivos grupos. O primeiro foi o vice-líder do grupo 1 ao bater o norueguês Henrik Brammer por 3 a 1 (11/8, 5/11, 11/8 e 11/5) e cair diante do sueco Jonas Hansson pelo mesmo placar de seu triunfo (9/11, 13/11, 9/11 e 10/12).

+ Brasil tem dia ruim na Copa do Mundo de Tênis em CR

No grupo 5, Salmin venceu dois embates: contra o holandês Dustin Eier por 3 a 0 (11/9, 11/3 e 11/5) e contra o britânico Theo Bishop por 3 a 1 (14/12, 5/11, 4/11 e 3/11). Ele acabou perdendo o jogo diante do francês Kevin Dourbecker por 3 a 2, com parciais de 11/9, 11/5, 7/11, 9/11 e 9/11.

Israel Stroh tênis de mesa jogos paralímpicos tóquio 2020
Israel Stroh também esteve presente em Tóquio 2020 (Foto: Ale Cabral/CPB)

Na briga pelas quartas de final, Stroh encara Chalermpong Punpoo, da Tailândia, enquanto Paulo Salmin tem compromisso com Bjoern Schnake, da Alemanha.

Por outro lado, Conrado Contessi na classe 1 masculina, Lucas Arabian na 5, Lucas Carvalho na 9 e Marliane Santos na 3 feminina não conseguiram passar dos grupos e se despediram da competição individual.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Paralimpíada Todo Dia