Siga o OTD

Olimpíada

COB e CAIXA lançam bilhetes comemorando o centenário olímpico

Loterias CAIXA e COB lançam Série Especial Brasil 100 anos, à venda de setembro a dezembro nas lotéricas

COB logo regimento Comitês de Conformidade e Integridade
COB e CAIXA lançam bilhetes em homenagem ao centenário olímpico brasileiro (divulgação/COB)

Nesta quarta-feira (5), a loterias CAIXA e o COB (Comitê Olímpico do Brasil) lançaram bilhetes comemorativos para pelos 100 anos do Brasil na Olimpíada. A série “100 anos de Brasil” será comercializada nas lotéricas do país entre setembro e dezembro. A cada mês um modelo diferente será distribuído às loterias com logomarca da campanha e ilustrações que remetem à história brasileira.

“Essa ação é um reconhecimento ao esporte brasileiro do legado de vitórias e conquistas em todos esses anos, e pelo papel importante que exerce na sociedade, transformando a vida de tantas pessoas. A CAIXA é parte desta história”, ressalta Pedro Guimarães, presidente da CAIXA. 

COB e CAIXA fazem homenagem pelo centenário olímpico (DIvulgação COB)
COB e CAIXA fazem homenagem pelo centenário olímpico (DIvulgação COB)

O bilhete que abre a série comemorativa tem a imagem da delegação brasileira no desfile de abertura nos Jogos Olímpicos da Antuérpia, em 1920. O segundo será uma imagem de Guilherme Paraense, primeiro campeão olímpico do país na história. Serão impressos 400 mil bilhetes da Série Especial Brasil 100 anos para serem distribuídos pela Caixa Econômica Federal a lotéricas de todo o país. O valor prêmio principal é R$ 500 mil.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

“O investimento da CAIXA através do repasse das Loterias, previsto em lei, é fundamental para sustentabilidade do sistema esportivo brasileiro. Todas ações e campanhas que promovam e estimulem a maior participação em apostas vão permitir aumentarmos as atividades e projetos para o desenvolvimento do esporte brasileiro, com benefícios diretos às Confederações e aos atletas, principais personagens do Movimento Olímpico”, destaca o presidente do COB, Paulo Wanderley.

Primeiro bilhete relembrará o primeiro desfile olímpico brasileiro (Divulgação COB)
Primeiro bilhete relembrará o primeiro desfile olímpico brasileiro (Divulgação COB)

Apoio público

Não é somente com essa ação que o COB e a loterias CAIXA são parceiros. A maior parcela de auxílio financeiro que a entidade máxima do esporte olímpico brasileiro recebe vem da Lei Agnelo Piva.

Através dela, o COB recebe cerca de 1,7% do que for gasto com apostas federais no país e o valor é repassado para as confederações. Só este ano, a previsão é de que a entidade aloque 84% da verba recebida das loterias diretamente no esporte.

Mais em Olimpíada