Siga o OTD

Natação

De volta às competições, Etiene Medeiros fala sobre Tóquio 2020

Focada em participar de mais uma Olimpíada, Etiene Medeiros falou sobre planejamento. Confira a entrevista completa!

O ciclo olímpico para Tóquio 2020 está acontecendo e a primeira brasileira campeã mundial nos 50m costas passou por uma longa recuperação de uma cirurgia no ombro direito no início de 2018. Já de volta às competições, Etiene Medeiros não vê a pausa na carreira como prejudicial.

“De forma alguma, eu estou vendo como uma coisa positiva, até porque se eu não fizesse essa cirurgia era capaz de não estar em 2020”, afirmou Etiene Medeiros em entrevista exclusiva ao Olimpíada Todo Dia.

“A gente não sabe quem vai estar em 2020, mas falta pouquíssimo tempo, e eu estou muito focada para isso. Agora é entrar de novo naquela bolha, a Olimpíada está chegando e você tem que dar tudo de si. Eu vejo essa cirurgia como uma pausa saudável, em que eu me cuidei de uma lesão que estava realmente me impossibilitando de fazer algumas coisas e podia piorar”, completou.

Com a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) em mudança e reestruturação, ainda não foi definido qual será o índice para a participação na próxima Olimpíada – ele pode ser estabelecido no Campeonato Mundial anterior aos Jogos Olímpicos, no Pan-Americano ou até mesmo em uma seletiva.

“Como eles ainda estão se organizando, a gente ainda não sabe. Mas acho que agora não é pensar muito nisso, é a gente tentar encher o caminhãozinho de areia e se preparar para chegar em 2019 bem. Para mim, particularmente, eu tenho que correr mais atrás ainda, porque essa cirurgia deu uma pausa no meu treinamento. Mas eu acho que o foco mesmo é pensar pouco a pouco, com muito pé no chão”, considerou Etiene.

 

Preparação pré-olímpica

Na Rio 2016, Etiene Medeiros quebrou o recorde sul-americano na semifinal dos 50m livre. No final da disputa, ficou em 8º lugar. Faltando cerca de dois anos para a Olimpíada em Tóquio, Etiene Medeiros já entrou no planejamento visando 2020. Ao lado do técnico Fernando Vanzella, a nadadora pensa no futuro com muita cautela.

“2018 é um ano de treinamento mesmo, intenso. No finalzinho de 2018 a gente já entra em uma rotina de competição, de intercâmbio. Em 2019 vai ter Pan-Americano, que é uma das principais competições para a gente, para o Brasil, e depois tem o Mundial. Pouco a pouco a gente tem que ir estruturando, mas cada ano é um ano especial que você tem que traçar as metas com o seu técnico”, disse a atleta.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Natação