Siga o OTD

Stephan Steverink- Foto: Ricardo Sodré/SSPress/CBDA

Natação

Steverink e Balduccini quebram outro recorde no Juvenil

Stephan Steverink e Stephanie Balduccini superam mais um recorde no Troféu Carlos Campos Sobrinho, em Vitória. Gustavo Saldo também bateu um recorde no dia.

Foto: Ricardo Sodré/SSPress/CBDA

Steverink e Balduccini quebram outro recorde no Juvenil

Nesta sexta-feira (6), Gustavo Saldo, Stephan Steverink e Stephanie Balduccini  estabeleceram novas marcas brasileiras das categorias juvenil 1 e juvenil 2 e foram os grandes nomes do penúltimo dia de Campeonato Brasileiro Interclubes Juvenil de Natação – Troféu Carlos Campos Sobrinho, realizado em Vitória, no Espírito Santo.

No período da manhã, Stephan Steverink, atleta da AABB, nadou os 800m livre para 8m07s31 e estabeleceu o novo recorde brasileiro da categoria juvenil 1 – a prova é disputada em final direta. No período da tarde, ele voltou à piscina para os 200m medley e garantiu mais uma medalha de ouro, mais um recorde de campeonato e mais um recorde brasileiro de categoria com 2m04s97. Steverink já havia batido o recorde nos 1500m livre, nos 200m peito e nos 400m medley.

“Errei algumas coisas nas viradas, então não esperava fazer 2m04. É uma grande competição que estou fazendo e devo tudo isso ao trabalho de todos os dias junto aos meus treinadores e com muito apoio dos meus pais”, falou.

Stephanie Balduccini também quebrou recorde no penúltimo dia da competição. (Foto: Ricardo Sodré/SSPress/CBDA)

Também teve recorde de Stephanie Balduccini pela manhã. A nadadora do Paineiras, de São Paulo, nadou as eliminatórias dos 100m borboleta para 1m01s63. Na final, ela nadou ainda melhor e conquistou a medalha de ouro com 1m00s58. Ela também conquistou a medalha de ouro nos 200m medley.

“Não acreditei que consegui melhorar ainda mais o meu tempo, pois tinha acabado de nadar os 200m medley. Estou muito feliz com essa conquista, com o meu desempenho nesta competição e com tudo que vem acontecendo aqui”, disse a campeã que, após a premiação, mostrou talento cantando para a galera presente no Clube Álvares Cabral.

Gustavo Saldo homenageou o amigo Gabriel Perseguin (Foto: Ricardo Sodré/SSPress/CBDA)

A emoção do dia ficou por conta de Gustavo Saldo. Um dos grandes destaques desta competição, desta vez ele não brilhou apenas pelo desempenho nos 100m borboleta, onde estabeleceu o novo recorde brasileiro de categoria e recorde de campeonato com 53s81, mas também pela homenagem feita a Gabriel Perseguin, atleta do Fluminense que se contundiu pela manhã e não pode nadar na final.

“Foi uma prova muito boa. Treinei muito para ela, mas foi especial por ter nadado com a touca do Perseguin, que se machucou hoje pela manhã. É um grande amigo, que também treinou muito para esta prova. Fiquei muito chateado dele não poder nadar, mas ele vai se recuperar e vai voltar ainda melhor”, contou o campeão, que também venceu os 1500m livre.

Prova adiada

Por conta da chuva e dos raios que atingiram Vitória, a última série dos 1500m livre juvenil 2 e os revezamentos 4x100m livre ficaram para o fim da etapa da manhã deste sábado (7), último dia de disputas do Troféu Carlos Campos Sobrinho.

Mais em Natação