Siga o OTD

Paralimpíada Todo Dia

Com 5 ouros, Phelipe Rodrigues vira “Rei da Piscina” em Lima

Com cinco ouros e um bronze, Phelipe Rodrigues supera Daniel Dias e lidera o quadro de medalhas dos nadadores em Lima

O Brasil deu mais um show na piscina do centro aquático de Videna. Só nesta quinta-feira foram 21 medalhas conquistadas: 10 ouros, oito pratas e três bronzes. Daniel Dias aumentou seu recorde histórico e chegou a 32 vitórias em Jogos Parapan-americanos ao vencer os 5om borboleta S5. Mas, em Lima, Phelipe Rodrigues está roubando o trono do ídolo. Ao vencer os 100m borboleta S10, o pernambucano de 29 anos chegou a cinco ouros, mesmo número de Daniel Dias, mas tem um bronze que o coloca a frente no “quadro de medalhas” dos nadadores.

“Junto com a minha equipe técnica, a gente decidiu arriscar provas novas. Sou especialista na prova de 50m e 100m livre e também de 100m borboleta. Então, todas as outras eu acabo não sendo especialista, mas optamos por tentar almejar algo a mais nesta competição e está dando certo”, explicou o nadador.

O desempenho surpreende o “Rei da Piscina de Lima”, que “só” tinha nove medalhas em sua carreira nos Jogos Parapan-americanos. Em Guadalajara 2011, Phelipe Rodrigues ganhou dois ouros e três bronzes. Já em Toronto 2015, ele faturou três ouros e uma prata. Agora, com o desempenho em Lima, ele já subiu dez vezes ao todo no lugar mais alto do pódio, tem um segundo lugar e quatro terceiros lugares.

“É engraçado até falar porque eu só tinha nove medalhas em Parapan-americanos em duas edições e só nesta aqui eu já consegui seis e tenho mais duas provas para nadar. Então, estou super feliz e acredito que daqui para o final vou ficar mais feliz ainda”, acredita.

Antes da vitória nos 100m borboleta S10, Phelipe Rodrigues foi ouro nos 50 e 100m livre, nos 200m medley, nos 100m costas e no revezamento 4x100m medley 34 pontos, prova que venceu em companhia de Daniel Dias. O nadador de Recife ainda vai disputar mais duas provas: os 400m livre S10 e o revezamento 4x100m livre 34 pontos. Já o recordista de vitórias em Parapans só terá pela frente mais os 200m livre S5, que serão realizados nesta sexta.

Quem está mais perto de Daniel Dias e Phelipe Rodrigues é Wendell Pereira. O deficiente visual venceu nesta quinta os 50m livre S11. Até agora, ele tem quatro medalhas, três ouros e uma prata e ainda vai participar dos 100m borboleta S11 e dos 100m peito SB11. Além dos três, também subiram ao lugar mais alto do pódio no masculino: Carlos Farrenberg (50m livre S13), Lucas Mozela (200m medley SM9), os irmãos Douglas (400m livre S13) e Thomaz Matera (50m livre S12).

No feminino, a disputa para ser a atleta mais medalhada dos Jogos Parapan-americanos na natação está entre Maria Carolina Santiago e Joana Jaciara. Nesta quinta, Carol ganhou dois ouros, nos 400m livre S13 e 50m livre S12, e chegou a três no total, igualando o número da concorrente.

Mas Joana Jaciara, que chegou ao terceiro ouro com a vitória nos 50m borboleta S5, leva vantagem na disputa porque tem também uma prata no revezamento 4x100m medley 34 pontos.

Joana terá pela frente ainda nos Jogos Parapan-americanos mais três provas (200m livre, 200m medley e revezamento 4×100 livre 34 pontos), enquanto Maria Carolina Santiago só terá mais uma, os 100m livre S12.

Confira todas as medalhas do Brasil nesta quinta na natação:

Ouro (10)

Lucas Mozela – 200m medley SM9

Maria Carolina Santiago – 400m livre S13 e 50m livre S12

Douglas Matera – 400m livre S13

Daniel Dias – 50m borboleta S5

Joana Jaciara – 50m borboleta S5

Wendell Pereira – 50m livre S11

Phelipe Rodrigues – 100m borboleta S10

Thomaz Matera – 50m livre S12

Carlos Farrenberg – 50m livre S13

Prata (8)

Ruiter Gonçalves – 200m medley SM9

Lucilene Sousa – 400m livre S13 e 50m livre S12

Talisson Glock – 100m costas S6

Esthefany Oliveira – 50m borboleta S5

Matheus Rheine – 50m livre S11

Regiane Nunes Silva – 50m livre S11

Douglas Matera – 50m livre S13

Bronze (3)

Guilherme Batista – 400m livre S13 e 50m livre S13

Gabriel dos Santos – 50m borboleta S4

 

 

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Fundador e diretor de conteúdo do Olimpíada Todo Dia

Mais em Paralimpíada Todo Dia