Siga o OTD

Brasil encera participação no Grand Slam de Paris sem medalhas

Judô

Brasil termina Grand Slam de Paris sem subir no pódio

Divulgação/IJF

Brasil termina Grand Slam de Paris sem subir no pódio

Depois de dois dias de disputas, o Brasil encerrou a participação no Grand Slam de Paris sem subir ao pódio.

Depois do primeiro dia de disputa sem a conquista de medalhas, a equipe brasileira voltou aos tatames da França para o segundo dia do Grand Slam de Paris. Neste domingo (11), os representantes do Brasil foram: Samanta Soares, Camila Yamakawa, Rochele Nunes, Rafael Buzacarini, Eduardo Bettoni, Victor Penalber e Leandro Guilheiro. Victor Penalber foi quem chegou mais longe, na repescagem buscando a chance de disputar a medalha de bronze. Ainda assim, o brasileiro também acabou eliminado. Vale ressaltar que nenhum dos cinco principais nomes do judô brasileiro esteve presente na competição, como Mayra Aguiar, Rafaela Silva, Erika Miranda, Rafael Silva e David Moura.

Victor Penalber começou a disputa na segunda rodada, vencendo o português João Martinho com um ippon no Golden Score.

A luta seguinte foi contra Abdelaziz Ben Ammar, da Tunísia. O brasileiro venceu com um ippon, por conta de três advertências levadas pelo adversário.

Brigando para sair vencedor da chave B, Victor lutou com o japonês Sotaro Fujiwara, e foi derrotado ao receber um waza-ari.

Já na repescagem, buscando a chance de disputar a medalha de bronze, Victor encarou o holandês Frank De Wit. Com dois minutos de luta, foi derrotado ao sofrer um waza-ari.

Mais uma vez, a maioria dos judocas brasileiros foi eliminada logo na estreia. Na categoria -78Kg feminino, Samanta Soares perdeu para a sul-coerana Yujin Park, ao cometer três advertências.

Na +78Kg, Rochele Nunes foi derrotada pela francesa Julia Tolofua, com um ippon no Golden Score.

Já Camila Yamakawa, na mesma categoria, venceu a primeira luta, contra a ucraniana Vasylyna Kyrychenko, com um ippon logo no início da disputa.

No confronto seguinte, porém, Camila sofreu a derrota para a japonesa Akira Sone, que venceu com um ippon.

Entre os homens, o primeiro pisar no tatame nesta manhã foi Rafael Buzacarini, na categoria -100Kg. Diante do francês Cyrille Maret, o brasileiro perdeu ao sofrer um waza-ari no Golden Score.

Na categoria -90Kg masculino, Eduardo Bettoni também foi derrotado na estreia – que aconteceu na segunda rodada da chave. O canadense Zachary Burt venceu o brasileiro com um waza-ari.

Na mesma categoria de Victor Penalber, a -81Kg, também lutou Leandro Guilheiro. O brasileiro foi derrotado por Nugzari Tatalashvili, da Geórgia, com um ippon aos 3 minutos de combate.

Mais em Judô