Siga o OTD

Judô

Campeonato Brasileiro Sub-21 de Judô define 7 campeões no masculino

Competição distribui vagas aos medalhistas na Seletiva Nacional Sênior – Projeto Paris 2024, que acontecerá em dezembro

Brasileiro Sub-21 de judô
(twitter/CBJ)

As promessas do judô brasileiro mediram forças nesta quarta-feira (10), na disputa do Campeonato Brasileiro Sub-21 de Judô, etapa masculina, que acontece na arena montada pela CBJ em Pindamonhangaba, São Paulo.

+ Aos 34 anos, David Moura oficializa aposentadoria dos tatames

A competição distribui vagas aos medalhistas na Seletiva Nacional Sênior – Projeto Paris 2024, que acontecerá em dezembro, e definirá a seleção brasileira principal para 2022.

O Brasileiro Sub-21 marca o retorno das competições nacionais depois do período de paralisação preventiva em decorrência da pandemia de Covid-19. O torneio ocorre no sistema “bolha” e tem testagem obrigatória para todos os participantes.

Parte da manhã

Os primeiros campeões saíram das categorias 60kg, 66kg e 73kg.

Ryan Conceição (RJ) aplicou uma chave de braço em Felipe Silva (RS) e levou o primeiro ouro no Brasileiro Sub-21 Masculino de judô. Roger Pereira e Gabriel Arruda faturaram as medalhas de bronze.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Na sequência, na categoria até 66kg, Gabriel Nagai (PE) venceu Paulo Rodrigues (RS) ao forçar punições ao adversário. João Santos e Talles Le

Fechando as atividades da manhã em Pindamonhangaba, Gabriel Falcão Lira superou Ryan Santos nos 73kg. “Trabalhei bem nesse campeonato. Cometi alguns erros, principalmente alguns shidôs. Esse final de ano ofi muito bem. Agora é pensar na seletiva,” avaliou Gabriel, que recentemente competiu.

Campeonato Brasileiro Sub-21 de Judô
Gabriel Nagai (PE) leva o ouro da categoria 66kg para Pernambuco (Twitter/CBJ)

Parte da tarde

As categorias 81kg, 90kg, 100kg e +100kg ocorreram na parte vespertina no interior de São Paulo.

O primeiro ouro veio em uma bela virada. Kauan Santos levou um waza-ari no início da luta, mas se recuperou, empatando e imobilizando Euder Neto para ser campeão no meio-médio (até 81kg).

Arthur Garcia (DF) venceu Victor Hugo Nascimento (SP) nas punições e conquistou o lugar mais alto do pódio o 90kg. Derrotados nas semifinais, Luiz Rego e Cristi Miranda se recuperaram e faturaram um lugar no pódio.

Já nos 100kg, Kayo Santos levou a melhor sobre Gabriel Arévalo nas punições. Daniel Nazaré e Felipe Silva ficaram com as medalhas de bronze.

Guilherme Cabral fechou o dia com uma bela imobilização contra Marcelo Valadão na categoria acima de 100kg. Yuri Santos e Breno Duarte ficaram no terceiro lugar.

Mais em Judô

viagra